Vigor do INS Jalashwa será testado em combate Print
Written by Administrator   
Sunday, 11 May 2008 21:00

 

Vigor do INS Jalashwa será testado em combate

 

Passe o mouse sobre as fotos e veja as legendas.

No primeiro teste de capacitação, o primeiro navio a ser adquirido dos Estados Unidos será colocado frente a frente contra o maior navio de assalto da Marinha Francesa, o navio Mistral na décima edição dos jogos bilaterais de guerra naval, começando nesta sexta-feira na fronteira marítima oriental.

A França estará mostrando o Mistral e será a primeira participação do recém adquirido INS Jalashwa num exercício bilateral, disse uma porta-voz da marinha nesta quinta-feira.

O navio veio sob críticas depois que cinco marinheiros morreram e 3 ficaram feridos num incêndio em fevereiro.

Este é o primeiro navio a ser transferido dos Estados Unidos e o primeiro navio de desembarque a ser adquirido pela Marinha Hindu.

INS Jalashwa está equipado com uma Viatura de Desembarque Mecanizada(LCM-8) e também seis helicópteros Sea King, radares e armas de tiro rápido para operações de vigilância marítima, missões busca e salvamento e missões médicas e humanitárias.

O Mistral com 32.300 toneladas é capaz de transportar 16 helicópteros médios NH-90. Também há pods que permitem que ele transporte helicópteros de 30 toneladas como o CH-53 Super Stalion.

O navio também é capaz de levar um batalhão com 13 carros de combate pesados e 70 veículos em quatro grandes barcaças de desembarque.

A frota francesa é composta de do Destróier Lança Mísseis Dupleix e de uma fragata inglesa, HMS Westminster, recém chegada na Baía de Bengala nesta quinta-feira para participar do exercício bilateral com duração de oito dias, Varuna 2008.

Desembarques anfíbios serão um dos componentes importantes do exercício, como mostra o interesse em navios com esse desenho pela Marinha Hindu.

A Marinha Hindu será representada pelo Jalashwa pelo destróier lança-mísseis Ranit, pela corveta lança-mísseis Kirch e pelo submarino Vagli, informou o porta-voz.

Exata edição deste exercício dará uma oportunidade de aumentar sua cooperação e capacidade em assistências humanitárias e acrescentou.

A França faz parte do Simpósio Naval do Oceano Índico(IONS) que terá lugar em Nova Déli este ano. A despeito de ser um país europeu, a França foi convidada para o simpósio, uma vez que algumas ilhas do Oceano Índico ainda são possessões francesas inclusive a Ilha Reunião.

A série de exercícios Varuna entre as marinhas francesa e hindu começou em 2001 e desde então tem aumentado sua amplitude e complexidade com o passar dos anos.