França doará milhões à ex-colônia PDF Print E-mail
Written by Administrator   
Thursday, 18 February 2010 00:00

 

PORTO PRÍNCIPE - Durante a primeira visita de um mandatário francês a Porto Príncipe, capital do haiti, o presidente Nicolas Sarkozy prometeu quarta-feira ajudar na recuperação da economia do país caribenho oferecendo um pacote de 326 milhões de euros (aproximadamente US$ 444 milhões) de ajuda à ex-colônia francesa e cancelando uma dívida de 56 milhões de euros (US$ 76 milhões) que o Porto Príncipe mantinha com Paris.

– Vim dizer ao povo haitiano e aos seus dirigentes que a França, que foi a primeira a chegar no local após a catástrofe, permanecerá solidamente ao seu lado para ajudá-los a se recompor e a abrir uma nova página feliz de sua história– afirmou Sarkozy. – A França estará à altura de suas responsabilidades, de sua história compartilhada e de sua amizade com o haiti.

A assistência francesa incluirá o fornecimento de mil barracas e 16 mil lonas para ajudar no abrigo de 200 mil pessoas durante o período de chuvas, que começa geralmente no fim de março ou abril. A França também se comprometeu a construir o hospital da Universidade de Estado de Porto Príncipe e a acolher centenas de funcionários haitianos em seus grandes estabelecimentos de ensino, como a Escola Nacional de Administração (ENA).

– Vamos tomar medidas muito concretas – assegurou Sarkozy, ao lado de seu colega haitiano, René Préval, nos jardins do palácio presidencial, parcialmente destruído pelo sismo.

Apesar do compromisso declarado, ao dirigir-se às equipes de socorristas franceses na embaixada do seu país, Sarkozy considerou que caberá “primeiro ao povo do haiti definir um verdadeiro projeto nacional e, depois, conduzi-lo”.

O presidente francês chegou a Porto Príncipe acompanhado de seu ministro das Relações Exteriores, Bernard Kouchner, do secretário de Estado para a Cooperação, Alain Joyandet, e da ministra de Ultramar, Marie-Luce Penchard.

– Em outras circunstâncias, teria sido um prazer celebrar no haiti a visita de um presidente da República francesa – disse Preval, ao saudar o Sarkozy. – Mas esta acontece num momento especial de luto nacional. Choramos os nossos mortos.

O terremoto do mês passado matou mais de 200 mil pessoas e deixou cerca de 1 milhão desabrigadas.

Fonte: Jornal do Brasil

 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2019 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.