Câmara lembra ação da Força Expedicionária Brasileira na 2ª Guerra PDF Print E-mail
Written by Administrator   
Tuesday, 16 March 2010 00:00

 

Representantes na ativa das três Armas homenagearam os pracinhas na sessão solene promovida pela Câmara. A Câmara homenageou em sessão solene, nesta segunda-feira, os ex-combatentes da Força Expedicionária Brasileira (FEB), por ocasião dos 65 anos do fim da Segunda Guerra Mundial. Cerca de 80 veteranos estiveram no plenário para receber as homenagens e foram recebidos por deputados e representantes das Forças Armadas.

Em mensagem enviada aos pracinhas – como ficaram conhecidos os soldados -, o presidente da Câmara, Michel Temer, lembrou que mais de 25 mil homens integraram a FEB, e 451 deles perderam a vida na Itália.

"Permaneceu, entretanto, a lição magnífica daqueles homens que, diante das atrocidades da guerra, em condições extremamente adversas, mostraram-se soldados dignos e, acima de tudo, seres humanos admiráveis", destacou Temer.

Revalorização histórica

O deputado que propôs a homenagem, Ciro Pedrosa (PV-MG), ressaltou a importância da revalorização histórica da FEB e relembrou as vitórias dos soldados brasileiros. Para ele, é preciso resgatar parte da “imensa dívida” que o País tem com os soldados brasileiros que embarcaram para as frentes de combate italianas e arriscaram suas vidas.

"Posso afirmar que, hoje, por força do destino, infelizmente através de tragédias como a do avião da Air France e o terremoto no Haiti, já somamos alguns heróis da atualidade, e o sentimento do povo brasileiro é de um grande orgulho de nossas Forças Armadas", disse.

Pedrosa coordena a Frente Parlamentar Mista da Revalorização Histórica da Força Expedicionária Brasileira, constituída por 199 deputados e 33 senadores. Entre os integrantes da Frente, o deputado Camilo Cola (PMDB-ES), que fez parte da FEB, mas não pôde comparecer à homenagem por motivos familiares.

"Tenho muito orgulho de ser colega e amigo desse grande parlamentar, canhoneiro da Forca Expedicionária Brasileira, que tem exercido um papel importante para o resgate da verdadeira história da participação do nosso País na Segunda Guerra", disse Pedrosa.

Memórias da guerra

O deputado Mauro Benevides (PMDB-CE) também homenageou os veteranos e frisou que é preciso se valer de suas memórias sobre a guerra. "Infelizes das nações que perderam a memória desse período trágico, das ameaças contra os direitos das pessoas e dos povos, das feridas sem precedentes que foram causadas, dos impulsos corajosos suscitados para que a liberdade fosse readquirida. As novas gerações devem sabê-lo, e felizmente todos os presentes - não obstante poucos - ainda estão aqui para adverti-las e estimulá-las a essa tarefa de inquestionável magnitude", disse.

Por fim, o músico João Barone, baterista do grupo Paralamas do Sucesso, filho de um pracinha e dirigente do Grupo Histórico da FEB, falou sobre seu projeto para manter viva a memória desses heróis. Um documentário dirigido pelo próprio Barone, chamado Caminhos dos Heróis, está em fase de finalização e deve ser lançado ainda este ano.

Além da sessão solene, o grupo organizou uma carreata pelas vias de Brasília com veículos militares usados pelo Brasil na Segunda Guerra e uma exposição dos veículos na frente do Congresso Nacional.

 Fonte: Jornal da Câmara - Elton Bomfim

 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2019 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.