Gloster Meteor - O 1º jato do Brasil PDF Print E-mail
Thursday, 06 May 2010 21:38

 
 

O lançamento nacional será realizado na Livraria Cultura do Shopping Villa-Lobos, organizado pela C&R Editorial, casa de publicações dedicada à história militar, o evento terá a presença do autor em exclusiva noite de autógrafos, no dia 18 de maio, às 19h00.

 

No início da década de 50 a primeira linha de defesa da Força Aérea Brasileira (FAB) era formada pelos obsoletos caças norte-americanos com motores a pistão Republic P-47D Thunderbolt e Curtiss P-40 (nas versões E, K, M e N) e a FAB, já sentindo os reflexos disso, buscava uma rápida alternativa para reverter essa situação e, principalmente, para manter a soberania nacional do céu brasileiro.

Após analisar várias ofertas, incluindo dos EUA, o governo de Getúlio Vargas decidiu que a melhor opção seria um modelo que já era operado pela RAF na fase final da 2ª Guerra Mundial. Mas havia uma grande diferença deste novo caça em relação a tudo que já voara no Brasil, militar ou civil… seu motor era a reação! Tratava-se do lendário e temido Gloster Meteor.

E ele se tornaria o primeiro jato a operar no Brasil!

Até então, nem mesmo as linhas aéreas nacionais já haviam adotado um modelo a jato na sua frota. Mas, apesar da sua importância e de ter sido um verdadeiro marco na história da aviação nacional, passados mais de 57 anos desde a sua entrada em serviço na FAB, nenhum livro havia ainda sido lançado para contar o legado deste verdadeiro mito no Brasil. Uma aeronave que mudou para sempre a aviação nacional, introduzindo-a na era do jato.

Felizmente, porém, este quadro mudou agora e, para fazer justiça a tal ícone, a C&R Editorial lança em maio o livro Gloster Meteor – o Primeiro Jato do Brasil, de Aparecido Camazano Alamino.

Coronel reformado da FAB, o autor é reconhecido como a maior autoridade sobre a história da FAB, devido ao árduo trabalho de pesquisa que vem desenvolvendo nos últimos 40 anos e este é seu segundo livro publicado pela casa de publicação de livros militares C&R Editorial – o primeiro, Bombardeiros Bimotores da FAB, foi lançado em 2007.

“Escrever sobre qualquer tema histórico em nosso país é um grande desafio, pois, além do clima implacável (que deteriora os documentos), a mentalidade brasileira por pesquisa, história e preservação é muito deficiente. Os poucos documentos oficiais existentes não são guardados adequadamente, bem como não é atribuída importância a esses temas”, comenta o cel. Camazano.

O autor destaca que é necessária a realização de procura com pessoas que viveram o período abordado, bem como pesquisas nos jornais da época e em revistas que publicaram reportagens sobre o tema.

“Somando-se tudo isso, com muita paciência e sorte, encontra-se o que está sendo procurado”, completa.

A pesquisa de Camazano incluiu entrevistas com mais de 20 pessoas, de graduados até ministros do Superior Tribunal Militar, que de alguma forma tiveram contato com esses caças no Brasil.

Sobre a importância do tema, o autor lembra que “a chegada dos Meteor representou não somente o ingresso da FAB na era do jato, mas uma profunda mudança na sua rotina operacional, na qualificação dos seus militares e da infraestrutura. Foi sair da água para o vinho na aviação de combate da FAB, pois ele era um jato de variante bem atualizada (F-8 e TF-7), exigindo uma enorme evolução operacional na FAB e, por que não dizer, no Brasil, já que o setor de proteção ao voo e de infraestrutura aeronáutica (pistas, hangares e pátios de estacionamento) também teve que evoluir muito para propiciar uma eficiente operação dos novos aparelhos. Outro ganho foi a introdução do querosene de aviação no Brasil, o que poucos sabem, pois o Gloster foi o precursor desse combustível em nosso país, o que facilitou muito quando a aviação comercial passou a operar com jatos, em meados dos anos 50. Todavia, o principal ganho foi no tocante à proteção de nosso espaço aéreo, que passou a ser realizado com uma aeronave a jato e no estado da arte”.

Por fim, o cel. Camazano confessa porque estudou tanto sobre o caça. “Foi o Gloster Meteor que me motivou a ingressar e a ser piloto da FAB, pois, quando garoto, residia no bairro de Santana, em São Paulo, justamente em local privilegiado para observar a sua operação no Campo de Marte, onde eram revisados, e o seu barulho diferenciado sempre despertava a minha atenção e curiosidade, tendo em vista que anunciava a chegada ou a saída de um Gloster na base, o que era um espetáculo. E dentro da humildade que deve nortear um trabalho dessa magnitude, posso assegurar que a história desse aparelho passará a ser melhor entendida, sendo a primeira referência histórica de sua operação no Brasil, pois inclui a sua frota, suas principais operações, os seus padrões de pintura, a heráldica dos emblemas das
unidades aéreas que o operaram e a cronologia de todos os principais acontecimentos de sua implantação, operação e desativação na FAB. O livro foi elaborado para atender às diversas vertentes de entusiastas, aí incluídos os pesquisadores, os historiadores, os plastimodelistas e os admiradores desse fantástico aparelho. Espero que meu objetivo tenha sido atingido.”

O livro Gloster Meteor – o Primeiro Jato do Brasil pode ser reservado pelo website de ASAS,
www.revistaasas.com.br, pelo e-mail vendas@revistaasas.com.br e pelo telefone (11) 3835-2433. O preço do livro será de R$ 65,00 (com frete incluso).

Características da obra

  • Formato: 18,4 x 24,7 cm. Capa em papel de 350 gr/m², em acabamento de luxo.
  • Páginas internas em papel couché de altíssima qualidade, de 150 gr/m², 96 páginas.
  • Suplemento interno colorido especial, com oito páginas.
 
Last Updated on Thursday, 06 May 2010 21:54
 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2019 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.