Fuzileiros Navais fazem desembarque anfíbio no litoral do ES PDF Print E-mail
Written by Administrator   
Wednesday, 28 July 2010 14:52

 

 

 

 

Uma praia brasileira invadida por estrangeiros, uma força de Fuzileiros Navais brasileiros pronta para retomar a praia, uma Esquadra brasileira pronta para dar apoio de fogo. Está montado o cenário para o treinamento de desembarque anfíbio do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha do Brasil (MB). A ação faz parte da Operação Atlântico 2, que é um exercício combinado entre as três Forças Armadas brasileiras, e organizado pelo Ministério da Defesa. O desembarque ocorreu na madrugada de sexta-feira (23 de julho), na praia de Itaoca-ES.

O exercício teve início por volta das 5h da madrugada, com o lançamento de Carros Lagarta Anfíbios (CLANF) do Navio de Desembarque de Carros de Combate (NDCC) Mattoso Maia. Cada CLANF transporta 20 fuzileiros navais, além da tripulação. Quando os CLANF assumem suas posições na praia, os soldados desembarcam e garantem a segurança e o controle da área, possibilitando a abicagem do NDCC “Mattoso Maia” no litoral. 

A operação anfíbia emprega um Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais (GptOpFuzNav), que embarcou no NDCC “Mattoso Maia”, dia 20 de julho, na ilha de Mocanguê, Rio de Janeiro. A frota de carros de combate, embarcada no navio, é composta por CLANF, além da viatura de comando, viatura de socorro, responsável por reparos nos carros e atendimento emergencial aos fuzileiros em combate, e quatro viaturas de transporte. O NDCC “Mattoso Maia” abicou na praia de Itaoca,  para o desembarque de 200 fuzileiros e de carros de apoio às tropas, que levavam material bélico e mantimentos. O navio foi escoltado pela Corveta “Jaceguai” (V-31) e pelas Fragata “Constituição” (F-42) e Fragata “Bosísio” (F-48).

 

Em entrevista à imprensa, o Vice-Almirante Eduarco Monteiro Lopes, Comandante-em-Chefe da Esquadra brasileira, falou do planejamento das ações. Segundo ele, a operação é planejada, mas alguns fatos novos podem ocorrer de forma a alterar os planos e adaptá-los à nova realidade. Problemas como avarias em alto mar já são previstos e solucionados rapidamente pelos fuzileiros. As ações do Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais, (GptOpFuzNav) na região de Itaoca-ES duram até 25 de julho.

Após a ação, em entrevista coletiva, o Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra (FFE) Vice-Almirante (FN) Carlos Alfredo Vicente Leitão, o Cefe do Etado-Maior do Comando da Força de Fuzileiros da Esquadra, Contra-Almirante (FN) Nilton Moreira Salgado, o Comandante da Tropa de Reforço, Contra-Almirante (FN) Jorge Mendes Bentinho, e o Comandante da Divisão Anfíbia, Contra-Almirante (FN) Fernando Antônio de Siqueira Ribeiro, falaram sobre as ações que os fuzileiros estão promovendo no litoral sul do estado do Espírito Santo.

Preparação dos Fuzileiros Navais

Segundo o Almirante Fernando Antônio, o ciclo de treinamento militar dado ao fuzileiro o habilita para todos os tipos de operações. Ele é iniciado com o treinamento individual, que dura cerca de três meses, seguido pelo coletivo. Dentro do adestramento oferecido está o psicológico, para que o militar esteja em perfeitas condições de combate. “Os Fuzileiros têm que estar preparados para enfrentar qualquer tipo de situação”, explica o Almirante Leitão.

Além da Operação, os fuzileiros conduzem Ações Cívico-Sociais (ACISO) nas regiões dos exercícios. A escolha da áreas atendidas é feita com a orientação da prefeitura dos municípios. “As ações vêm como agradecimento a essa população, que tem nos acolhido aqui”, esclarece o Almirante Jorge Mendes, responsável pelas ACISO.

O Almirante Leitão concluiu, falando sobre a importância da defesa da costa brasileira e da participação da Força de Fuzileiros da Esquadra nessa missão: “Se um dia necessário for, com o sacrifício das nossas vidas, defenderemos o Brasil”.

 Fonte: Marinha do Brasil

Last Updated on Wednesday, 28 July 2010 15:01
 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2019 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.