''Real valorizado coloca pressão sobre a empresa'' PDF Print E-mail
Written by Administrator   
Saturday, 09 October 2010 00:00

 

 

A Embraer, maior exportadora brasileira do setor de manufaturados, critica a valorização do real e alerta que, se o nível da moeda brasileira for mantido como está, a empresa poderá sofrer no médio prazo. "O real está atrapalhando. Está muito valorizado e coloca uma pressão nos custos que é muito séria", disse o presidente da empresa, Frederico Curado.

O executivo insistiu que 90% da produção da Embraer é hoje vendida no mercado internacional. "Somos uma empresa essencialmente exportadora", disse. Mas alerta que sua preocupação é para o futuro. "Um câmbio desfavorável acaba enfraquecendo a companhia a médio e longo prazo", disse. "Estamos vendo uma pressão forte sobre nós."

Ele rejeita, porém, a tese de que, por conta da moeda e de uma situação pontual, levaria parte da produção de seus jatos para fora do Brasil. "Isso não afeta", garantiu. O executivo confirmou que a companhia tem planos de ampliar suas atividades em fábricas na Europa e Estados Unidos. "Mas isso tem a ver com uma visão estratégica de globalização", concluiu.

No segundo trimestre, a Embraer teve lucro líquido de R$ 101 milhões, queda de 78% em relação ao segundo trimestre de 2009. Já a receita líquida somou R$ 2,4 bilhões, 19,4% menos que no mesmo período de 2009.

Fonte: O Estado de S. Paulo

 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2019 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.