"Paranoia" com a Amazônia PDF Print E-mail
Written by Administrator   
Thursday, 02 December 2010 13:48

 

Uma preocupação estratégica "paranoica" com a defesa da Amazônia e do pré-sal, planos de reequipamento das Forças Armadas e o interesse constante dos militares brasileiros por tecnologia são apenas alguns dos temas tratados em dois documentos reservados da diplomacia dos Estados Unidos sobre o Brasil, divulgados ontem pelo site Wikileaks. As mensagens, enviadas a Washington em janeiro de 2009, pelo então embaixador no Brasil, Cliford Sobel, expõem reservas e desconfianças quanto ao reforço do poderio bélico do país e à capacidade orçamentária do governo para colocar seus objetivos em prática.

O enviado americano, um empresário ligado ao Partido Republicano e indicado para o posto por George W. Bush, foi substituído no governo Obama por Thomas Shannon. Em uma das mensagens tornadas públicas, Sobel critica o recém-criado Plano Nacional de Defesa. "Na visão do governo, o Brasil deve controlar sua própria segurança sem ter que sair de suas fronteiras para poder equipar suas forças", escreveu o ex-embaixador. A estratégia à qual ele se refere é a troca de tecnologia, também conhecida como off-set. Na prática, se o governo brasileiro se interessa em comprar um avião estrangeiro, o país fabricante precisa mostrar como a turbina é desenvolvida, por exemplo – o conhecimento tecnológico faz parte de negociação. Uma fonte do alto escalão do Exército Brasileiro disse à reportagem que os americanos têm resistência a fazer esse tipo de acordo. Grande parte das transações militares entre os dois países consiste em armamento de menor porte.

Os EUA costumam oferecer manutenção do material bélico que exportam, mas relutam em transferir tecnologia. Os negócios, segundo escreveu Sobel em uma das mensagens, deveriam ser feitos com cautela. "O plano parece ser mesmo de uma parceria estratégica que prima pela troca de defesa e transferência de tecnologia, mas nós deveríamos estar abertos para cooperações de segurança em áreas de interesse mútuo."

Sobel também aponta uma excessiva preocupação do governo Lula em defender com forças militares a Amazônia e as reservas petrolíferas da costa, principalmente na camada do pré-sal, e classifica o sentimento como uma paranoia. "Não há nenhuma ameaça às reservas, mas os líderes brasileiros e a mídia têm citado as descobertas de petróleo no mar como razão urgente para melhorar a segurança marítima", diz.

Fonte: O Estado de Minas

 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2019 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.