Gates Esclarece Capacidades Stealth da China PDF Print E-mail
Tuesday, 11 January 2011 16:10
 
 
 
 
 
 
Gates Esclarece Capacidades Stealth da China
 
TAIPEI - O Secretário de Defesa dos EUA, Robert Gates, esclareceu as preocupações do Pentágono sobre as recentes revelações de que a China estaria desenvolvendo um caça de quinta geração (Stealth), o J-20, durante uma conferência de imprensa em 08 de janeiro, na Base Aérea de Andrews, em Maryland, a caminho de uma visita a Pequim, China .

Durante a conferência de imprensa, Gates disse que a China "pode estar um pouco mais adiantada no desenvolvimento da aeronave do que nossa inteligência havia anteriormente previsto."

Fotografias do J-20 apareceram em sites de toda a China no final de dezembro, no que muitos analistas acreditam ter sido um teste de taxiamento. Embora fotografias granuladas da aeronave já houvessem aparecido em vários blogs de defesa chineses no passado, as novas fotos revelaram detalhes nunca antes vistos. Na semana passada um vídeo do J-20 taxiando na pista foi liberado.

Gates esclareceu comentários anteriores que ele fez quanto a se a China teria construído um caça de quinta geração em 2020. "O que eu disse foi que, em 2020 ou 2025, haveria ainda uma grande disparidade no número de caças de quinta geração que os EUA teriam em comparação com qualquer outro país no mundo".

Muitos dos novos sistemas de armas da China fazem parte de um esforço maior para desenvolver capacidades anti-acesso (anti-access – A2)  e de negação de espaço (area denial – AD), que poderão desencorajar as forças militares dos EUA de intervir em um conflito em Taiwan.

Gates classificou estes  investimentos da China em capacidades A2/AD como áreas de alta prioridade. "Eles claramente têm o potencial de ameaçar  alguns dos nossos meios e temos que prestar atenção ao que fazem, temos que responder de forma adequada com os nossos próprios programas", disse ele.

Outra área de preocupação é o desenvolvimento da China de um míssil balístico antinavio (Anti-Ship Ballistic Missile - ASBM), DF-21D, apelidado de "matador de porta-aviões" por muitos analistas. Gates não se lembrava se o DF-21D tinha atingido sua capacidade operacional inicial (Initial Operational Capability - IOC), mas diz que a China está "razoavelmente bem adiantada" no desenvolvimento de um ASBM operacional.

Em dezembro, o Comandante Americano do Pacífico (U.S. Pacific Commander), Robert Willard, foi citado pela imprensa japonesa como tendo confirmado que o DF-21D havia atingido o status de IOC.

A família de mísseis balísticos Dong Feng (Vento Leste) vem em variantes de curto alcance (DF-11/15), de médio alcance (DF-21) e de longo alcance (DF-31). O novo DF-31A, capaz de ser transportado por veículos de rodas, sendo capaz de atingir Washington DC com uma carga nuclear.

A China tem cerca de 1.300 SRBMs DF-11/15 de curto alcance apontados para Taiwan. Durante a Crise dos Mísseis do Estreito de Taiwan de 1995/96, os chineses dispararam dez DF-15 SRBMs nas águas ao sul e ao norte de Taiwan, em uma tentativa de intimidar Taipei.

Taiwan respondeu, adquirindo sistemas de mísseis de defesa aérea Patriot PAC-2. Estes sistemas estão sendo atualizados e novos sistemas PAC-3 estão sendo adicionados. Taiwan também construiu um novo sistema de radares de alerta ao longo da costa oeste central, defronte à China. Há também os esforços para desenvolver um novo sistema taiwanês de mísseis de defesa aérea, o Tien Kung 3 (Arco Celéste), capaz de interceptar tanto aeronaves quanto mísseis.

Tradução: Felipe Medeiros

Fonte: Defense News  
Last Updated on Thursday, 13 January 2011 09:49
 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2021 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.