DCNS lança ao mar o navio de patrulha l’Adroit PDF Print E-mail
Written by Administrator   
Thursday, 19 May 2011 16:56



O Navio de patrulha l’Adroit saiu no sábado do edifício de construção


18/05/2011

O protótipo da família das corvetas e navios-patrulha offshore da família Gowind foi hoje posto para flutuar. Construído no estaleiro da DCNS em Lorient, o l’Adroit foi retirado no último sábado edifício de construção. Ontem, o navio foi transferido para uma balsa que foi rebocada até o interior do dique seco número 3. O dique foi então esvaziado e a balsa separada de sua carga, antes de o dique ser novamente enchido de água e o casco flutuar independentemente. A DCNS e seus subcontratados vão agora concluir o navio a fim de realizar neste verão os primeiros testes no mar. No final do ano, o patrulheiro será colocadoa à disposição da Marinha, que deve operá-lo por três anos. Ele ficará baseado em Toulon e será subordinado à Força de Ação Naval (FAN). O l’Adroit foi construído com fundos próprios pela DCNS como parte do programa Hermes. A parceria assinada com a Marinha francesa deve permitir ao grupo industrial dispor de um navio provado no mar e, através de feedback deste primeiro navio, realizar qualquer alteração necessária. A DCNS coloca muita esperança nas perspectivas de exportação deste novo tipo de navio. A família Gowind também está disponível em diferentes versões, a mais avançada apresenta deslocamento de 2500 toneladas e pode transportar um armamento bastante substancial (mísseis antinavio, sistema antiaéreo, canhão de 76mm). Além de navios estrangeiros, o mercado interno também é visado pela DCNS, pois a frota francesa precisará de 18 novas unidades de Offshore Patrol Vessel (OPV) para substituir, nos próximos 15 anos, seus patrulheiros e fragatas devigilância.


Uma janela flutuante

Com 87 metros de comprimento, deslocando cerca de 1500 toneladas a plena carga, o l’Adroit dispõe de uma artilharia leve (20mm e 12,7 mm), e de um sistema para o lançamento de duas lanchas rápidas pela popa. El também pode embarcar um helicóptero ou, opcionalmente, aviões não tripulados. Na área dos equipamentos, a DCNS estabeleceu um "clube de investidores", através do qual vários grupos disponibilizaram materiais para o protótipo. Assim, participam nesta operação com Dinamarca Terma com seu radar Scanter, a francesa Sagem, Thales, e Lacroix com seus sistemas de navegação inercial, comunicações militares e lançadores de chaff, a italiana OTO-Melara com o canhão de 20 milímetros além da Alemã Links+ Rechts para a iluminação do convoo de aviação. Para esses fabricantes, o programa Hermes permite apresentar os seus produtos em um navio moderno, "certificado" pela marinha francesa e levado a participar em muitas missões, exercícios, escalas e representações no exterior.


Dotado de dois motores diesel ABC de 2800 kW cada, o novo OPV pode atingir os 21 nós e tem um alcance de 8.000 milhas marítimas na sua velocidade econômica, ou cerca de três semanas de operações. O navio terá uma tripulação de 30 marinheiros e terá acomodações para 29 pessoas adicionais, tais como forças especiais. Adotando padrões civis de construção para reduzir custos, o navio foi especialmente concebido para responder às ameaças emergentes e assimétricas, incluindo (passadiço panorâmico, canhões de água, mastro único...) e oferecer uma vasta gama de missões que vão de vigilância marítima à luta contra o terrorismo, contra a pirataria e contra o tráfico ilegal, a polícia ou de pesca.

Canteiro de obras dedicado

Nota-se, pois, que a DCNS se aproveitou deste projeto para a criação de um canteiro de obras dedicado e introdutor de novos métodos de construção e de organização. Instalado em uma antiga oficina de materiais compostos, construída inicialmente para o programa de navios varredores oceânicos (BAMO) que foi abandonado em 1991, o estaleiro Hermes mobilizou mais de 100 pessoas exclusivamente dedicadas a este programa. Face restrições significativas, as equipes da DCNS e seus subcontratados tinham como objetivo reduzir o custo e o tempo desperdiçados nas áreas de design e da produção, apenas dois anos apenas se decoram entre o início dos estudos e a sua entrega.

 

Fonte: Mer et Marine

 

Mais sobre este tema na matéria exclusiva de ALIDE aqui

 

Last Updated on Thursday, 19 May 2011 18:16
 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2019 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.