Saab irá completar o desenvolvimento do Sea Gripen no Reino Unido PDF Print E-mail
Written by Administrator   
Wednesday, 25 May 2011 23:23
  


Por Craig Hoyle

A Saab está recrutando uma pequena equipe de engenheiros para trabalhar num centro de design novo para o seu projeto Sea Gripen no Reino Unido, esta iniciativa pode desaguar na construção de um demonstrador de vôo.

A empresa sueca anunciou o seu plano, após uma reunião, em 24 de maio, com funcionários do Ministério da Defesa em Londres, onde a empresa deve abrir uma nova sede para acomodar a equipe do projeto.

O anúncio tem a ver com a revelação feita pelo presidente-executivo da Saab Håkan Buskhe de uma estratégia para expandir significativamente a presença da empresa no Reino Unido em busca de oportunidades de novos negócios. "O Ministério da Defesa está querendo estimular a concorrência", disse ele.

Devendo abrir nos próximos meses com a contratação de cerca de 10 funcionários, o centro de design "capitalizará na experiência do Reino Unido na engenharia de jatos de emprego naval", disse Saab. "Seu primeiro projeto será projetar a versão baseada em porta-aviões do caça Gripen, da nova geração multi-função com base em estudos realizados pela Saab, na Suécia."

Uma fase de design de conceito, com duração aproximada 12-18 meses se seguirá, depois que a Saab pode optar por construir um demonstrador de vôo, provavelmente em sua fábrica de Linköping, na Suécia. A empresa espera trabalhar em parceria com empresas selecionadas do Reino Unido para fazer avançar o projecto, já que a indústria do país já é responsável por 28% do conteúdo para o Gripen NG.

Saab descreveu seu Sea Gripen como um "substituto ideal para frotas existentes e também para novos países que querem passar a operar Navios Aeródromos" e citou o Brasil e a Índia como possíveis futuros clientes. O conceito foi explorado inicialmente cerca de cinco anos atrás, as fontes disseram que a aeronave seria adequada para utilização em navios com um deslocamento reduzidos de até 25 mil toneladas. As entregas poderão ser feitas a partir de 2018.

A Saab tem cerca de 200 empregados no Reino Unido, mas de acordo com Buskhe, "não há nenhuma razão pela qual não poderia ser 10 vezes maior aqui. Acreditamos que o Reino Unido é um bom lugar a partir de onde fazermos uma expansão. Acreditamos que temos um nicho para ocupar, queremos mostrar que é possível adquirir caças modernos plenamente capazes que, ainda assim, são economicamente acessíveis.

"Quando você está num momento de cortes de verbas, é a hora de rever seus processos tradicionais de compra e ousar modificar aqueles padrões que foram usados no passado. Acreditamos que nós temos alguma coisa nova para trazer para a mesa."

Aquisições de outras empresas podem ser um caminho possível para satisfazer as ambições de crescimento, mas Buskhe disse que qualquer decisão neste sentido "precisa manter os valores fundamentais da Saab: a de que podemos aumentar o desempenho dos produtos e reduzir os custos". A empresa tem uma posição líquida de caixa de cerca de SKr4 bilhões ($ 631.000.000).

 

Fonte: Flight Global

 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2019 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.