Oficiais da Marinha Estadunidense avaliam cancelamento da construção de um porta-aviões e adiamento de outro PDF Print E-mail
Written by Administrator   
Monday, 18 July 2011 10:08

 

 

Normal 0 21 false false false MicrosoftInternetExplorer4 /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Tabela normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin:0cm; mso-para-margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:10.0pt; font-family:"Times New Roman"; mso-ansi-language:#0400; mso-fareast-language:#0400; mso-bidi-language:#0400;}

Oficiais da Marinha Estadunidense estão considerando a remoção de um dos porta-aviões de seus planos devido aos cortes de orçamento do Pentágono, disse o Deputado Randy Forbes, nesta terça-feira.

Como o Departamento de Defesa e outras agências de segurança nacional se preparam para cortar US$ 400 bilhões ao longo de 10 anos – e talvez ainda mais -  cada uma das forças armadas será pedida a encolher seu orçamento.

Ainda não está claro o quanto a Marinha será instruída a cortar de seu orçamento anual.

 

Durante uma audiência subcomitê de prontidão do Comitê das Forças Armados da Câmara, Forbes disse que cortes destes portes o preocupam. As potenciais ramificações na frotas da marinha poderiam ser grandes, disse ele.

Forbes observou que os oficias da Marinha estão considerando atrasar a compra do porta-aviões John F. Kennedy (CVN 79) por dois anos, uma possibilidade que foi relatada pela primeira vez pela Defense News neste mês.

Em seguida, Forbes disse que também ouviu que a Marinha estaria considerando o cancelamento de outro futuro porta- aviões que faz parte do plano de construção naval de longo prazo. Essa informação provavelmente causará grande agitação em toda a comunidade de defesa.

Os legisladores de distritos e estados que abrigam porta-aviões dos EUA e suas industrias relacionadas estão propensos a fazer muito barulho se esses planos forem incluídos no plano de orçamento de 2013 da Marinha.

Dois almirantes presentes à sessão, não responderam diretamente às perguntas e alegações de Forbes sobre a alteração dos planos envolvendo a frota de porta-aviões.

O porta-aviões JFK deverá custar cerca de US $ 10,3 bilhões, de acordo com um estudo recente do serviço de pesquisa do Congresso. O porta-aviões seguinte, o CVN-80, está programado para ser entregue em 2018 com um custo projetado de cerca de US $ 13,5 bilhões, de acordo com o mesmo órgão.

Enquanto as Forças Armadas fazem o possível para defender suas plataformas de hardware o corte em programas de alto valor unitário como os de porta-aviões podem produzir grandes economias rapidamente. Mas, aqueles cortes que se referem a programas que se encontram apenas em fase de planejamento poderão ser re-inseridos posteriormente.

Fonte: thehill.com

Tradução: Guilherme Torres

Last Updated on Monday, 18 July 2011 12:46
 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2021 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.