Fragata indiana Shivalik pronta para testes PDF Print E-mail
Written by Administrator   
Friday, 13 February 2009 20:01
 

NAVY NEWS

 

A primeira fragata da classe Shivalik se encontra pronta para testes

 

A primeira de três fragatas com características stealth da classe Shivalik que se encontram em construção no estaleiro Mazagon Dock se encontra pronta para iniciar seus testes de mar entre março e abril."Estamos levando a fragata para os testes de mar a partir de março. Poderemos entregá-la antes ou depois das monções [Ed.: período de fortes chuvas no subcontinente indiano, ocorrendo normalmente entre junho e setembro]" um representante do estaleiro Mazagon contou ao PTI. Já foi iniciada a construção do segundo e do terceiro navio da classe, a companhia espera conclui-los e entregá-los até 2010, afirmou o mesmo representante.

 

A construção da Shivalik teve início em 2003 e das outras duas respectivamente em 2004 e 2005- com o parte do Project 17 – on programa nacional do Centro para construir um novo navio de escolta multimissão. A fragata stealth é projetada para evitar os radares inimigos atingindo seu objetivo através da redução da assinatura-radar dos navios. O navio é equipado com uma combinação de sistemas de armas indianos, russos e ocidentais, contando igualmente com capacidades de guerra antiaérea e antisubmarino. A fragata ainda transporta dois helicópteros avançados. O comprimento total da fragata é de 142,5 metros, apresentando uma boca de 16.9 metros. Seu deslocamento total é de 4,900 toneladas e é movida por turbinas a gás e motores. O estaleiro se encontra também construindo seis submarinos Scorpene, a entrega do primeiro destes deve ser efetuado em 2012 e o último até 2017. Eles ainda tem encomendado três destróieres novos para a a Indian Navy, nos quais a instalação do interior de um deles já foi iniciada. Entretanto o representante informou que decorrerá ainda um par de anos antes que o primeiro dos destróieres seja entregue.

Com o cronograma de construção já atrasado um programa de modernização – investimento esse orçado de Rs 826 crore [Ed.: US$170 milhões] nos próximos três anos - está sendo implementado. A Indian Navy esta arcando com os custos desta modernização. A empresa holandesa Royal Haskoning foi selecionada como consultora deste programa.

O programa de modernização inclui a instalação de um guindaste Goliath, capaz de levantar módulos de até 300 toneladas, uma oficina modular, um “cradle assembly shop” e uma ampliação nos molhes, a área para atracação dos navios militares durante a construção.

"A necessidade das novas áreas de atracação já era percebida há algum tempo, uma vez que as áreas existentes no estaleiro atualmente são bastante limitadas, permitindo o su uso por apenas três ou quatro navios de guerra," disse o representante.

Este programa objetiva atender aos requerimentos futuros do país e gerariam uma aceleração sensível do processo de construção com a adoção da construção modular, o transporte de seções maiores e a geração de espaço adicional para a atracação de navio, concluiu o funcionário do estaleiro.

 

Tradução: ALIDE

Fonte: howrah.org

 

Texto no original

 

NAVY NEWS

First Shivalik-class frigate ready for trial

 

The first of the three Shivalik-class stealth frigates being built at Mazagon Dock is ready for sea trials in March-April. "We are taking the frigate for sea trials after March. We may deliver

them either before the monsoon or after," an official of Mazagon Dock told PTI. in fact, work has already begun on the second and third frigates, and the company expects to finish and deliver them by 2010, the official said.

The building of the Shivalik was launched in 2003 and the rest in 2004 and 2005 as part of Project 17 –the Centre's indigenous programme to build mutli-role surface ships. The stealth frigate is designed to avoid enemy radars and works on principles of reducing the ship's signature.

The ship is fitted with a mix of Indian, Russian and Western weapons systems along with both air defence and anti-submarine warfare capabilities. The frigate also carries two advanced

helicopters. The total length of the ship is 142.5 metres and breadth 16.90 metres. Its total displacement is 4,900 tonne and is powered by gas and diesel turbines.

The dock is also building six Scorpene submarines; the delivery of the first of these has to be done before 2012 and the last by 2017. It also has an order to deliver three destroyers for the Indian Navy, and the work on the interiors of a destroyer has already begun. Nevertheless, the official informed that it would take a couple of years before the first destroyer is delivered.

With work already running behind schedule, a modernization programme - at an investment of Rs 826 crore over three years - is now being put into action. The Indian Navy is bearing the cost of modernisation.

The Netherlands-based Royal Haskoning has been appointed as consultant for the programme.

The modernisation programme includes bringing in a Goliath crane facility of 300-tonnes, a modular workshop, a cradle assembly shop and a wet basin.

"The need for a new basin has been felt for some time, as the existing berthing facilities within the shipyard are limited to one wet basin, which can berth only two-three warships," the official said.

This programme aims at meeting the future maritime requirements of the country and would go a long way towards speeding up processes by modular construction, lifting of larger sections and generating additional berthing space of ships, the official said.

 

Source : howrah.org

Last Updated on Friday, 13 February 2009 20:05
 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2021 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.