A Força Aérea Brasileira na Ágata 3 PDF Print E-mail
Written by Administrator   
Tuesday, 06 December 2011 11:22

 

A Força Aérea Brasileira já voou mais de 1350 horas em proveito da Operação Ágata 3. Para participar da Operação, a FAB mobilizou mais de 50 aeronaves de diversos esquadrões e 800 militares de todo o país. Com esses recursos foi constituída a Força Aérea Componente 107 (FAC-107), responsável pelo emprego dos meios aéreos na Ágata 3. Todo esse efetivo está sob o comando do Brigadeiro-do-Ar Luiz Fernando de Aguiar. A FAC-107 atua nas Bases Aéreas de Campo Grande (MS) e Porto Velho (RO), além de bases desdobradas em Cuiabá (MT), Vilhena (RO) e Rio Branco (AC). A partir destes pontos a FAB realiza missões de reconhecimento aéreo, Transporte Aéreo Logístico, Reconhecimento Armado, Reabastecimento em Voo, Transporte de Tropa, interceptação e todo tipo de apoio aéreo aos órgãos públicos que participam da operação. Durante a operação, a FAB está levando inspetores da ANAC para fiscalizar aeródromos, aeronaves e pilotos civis que atuam na região. Esse trabalho já ocorreu em 42 localidades. Ao todo, foram vistoriadas 92 aeronaves e vinte pilotos. Deste total, 11 aeronaves e três pilotos apresentaram problemas de documentação. Sob a coordenação do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, a Operação Ágata 3 também realiza ações cívico-sociais (ACISO), que levam assistência médica e odontológica à população carente dentro da área da operação. A FAB já atendeu 13 localidades, proporcionando 2154 atendimentos.

Fonte:A Crítica

 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2019 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.