França poderia emprestar Rafales para a Royal Navy PDF Print E-mail
Written by Administrator   
Monday, 27 February 2012 15:32

 

PARIS --- A iniciativa de defesa anglo-francesa anunciada na semana passada não mencionava a cooperação bilateral com os porta-aviões porque a Inglaterra ainda tem que estabelecar suas intenções nessa área, de acordo com France’s top weapons buyer. Lauren Collet-Billon, chefe da Direção General de Armementos (DGA) afirmou  durante uma conferência de imprensa realizada no dia 22 de fevereiro, que a Grã-Bretanha ainda tem que finalizar seus planos para os porta-aviões, incluindo as principais opções técnicas, tais como o tipo de catapultas, e o tipo de aeronaves que irão operar nessas embarcações. Inicialmente, a Grã-Bretanha queria comprar o F-35B variante Støv / L[1] para substituir seus Harrier, mas posteriormente optou-se pelo F-35C, que, como todo o programa, foi executado em grandes dificuldades técnicas. O F-35 "é um programa ambicioso, e como todos os programas ambiciosos enfrenta uma série de desafios", disse Collet-Billon, acrescentando que a cooperação bilateral no campo de porta-aviões vai depender de como os programas britânicos irão evoluir. "Se um dia nós tivermos  que ceder o Rafale para a Marinha Real Britânica, por que não? Pessoalmente, eu acho que a idéia é muito agradável ", disse Collet-Billon. Falando durante e após a conferência anual do DGA, Collet Billon e outro funcionário forneceram detalhes sobre os programas de armamento em curso.  Ele lembrou que  Grã-Bretanha e França têm quase concluído as negociações sobre o Anti-Navires Léger (ANL), programa de mísseis anti-navio leve, e espera um contrato de desenvolvimento para ser atribuído a MBDA este ano e, possivelmente, em questão de meses. O exército francês tem a intenção de comprar o UAV Watchkeeper que foi  desenvolvido pela Thales do Reino Unido para o exército britânico, mas isso vai ser precedido de uma avaliação em profundidade. Equipes francesas do exército vão treinar na Grã-Bretanha este ano, para operar o sistema, e então avaliar Watchkeeper em território francês no próximo ano, com vista à adjudicação de um contrato por final de 2013. Um pedido francês iminente é a compra de minirobots e drone (zangões) para unidades de engenharia de combate, que irão utilizá-los para o reconhecimento de itinerários e das compensações. Os dois contratos serão celebrados no âmbito de cooperação anglo-francesa em UAVs. O primeiro no valor aproximado de 50 milhões de euros, vai cobrir a fase de avaliação do drone, cujo serviço de introdução está prevista por volta de 2020. Este contrato será adjudicado pela DGA da França em nome de ambos os países, e será supervisionado por um escritório conjunto de projetos, baseada na MoD em Bristol. O objetivo é firmar especificações do projeto, a estrutura industrial - incluindo subempreiteiros e fornecedores - e os planos de desenvolvimento e produção para os fabricantes, que vão apresentar uma proposta para um contrato de desenvolvimento com preço fixo até o final de 2012 ou início de 2013. O segundo contrato, no valor aproximado de 10 milhões de euros, irá financiar as especificações iniciais do drone de combate UCAS. Ele irá definir uma aeronave de combate não-tripulada que seguirá para o projeto Neuron gerido pela Dassault Aviation. Embora pretenda adquirir uma capacidade tanque da Força Aérea Real "se o preço de hora vôo for acessível," a França tem a intenção de comprar sua própria frota de A330 petroleiros que serão necessários para apoiar a missão da força aérea francesa e na projeção de força nuclear. Estes serão ordenados em 2013. Collet-Billon foi evasivo ao falar de um futuro papel para a EADS em programas franceses de UAV. Quando perguntado se a empresa e a DGA ainda estavam conversando sobre o assunto, ele observou que a EADS havia fornecido às forças francesas o UAV Harfang, "e estamos em constante diálogo, pelo menos, sobre este assunto." concluiu ele.

Fonte: defesa aerospace.com

 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2019 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.