Pentágono deve reavaliar número de C-27Js PDF Print E-mail
Written by Administrator   
Monday, 25 May 2009 02:39

Pentágono deve reavaliar número de C-27Js

Quinta-feira 21de maio de 2009 11:48am EDT 

WASHINGTON, 21 de maio (Reuters) –  Neste verão (setentrional) o Departamento de Defesa dos EUA irá reavaliar a questão do número necessário de aviões cargueiros C-27J adquiridos à L-3 Communications Holdings Inc (LLL.N), disse nesta quinta o secretário da Força Aérea, Michael Donley.

O Pentágono este mês disse que o contrato conjunto Força Aérea-Exército inicialmente orçado em US$2 bilhões, seria cortado à metade. Seriam comprados apenas 38 aeronaves C-27J ao invés dos 78 inicialmente planejados. Adicionalmente, a Força Aérea assumiria plenamente o controle do programa conjunto deixando o US Army de fora. Donley contou ao Comitê das Forças Armadas do Senado que a transição já estava em andamento. O Chefe do Estado Maior da US Air Force, General Norton Schwartz disse aos senadores que o número de 38 aeronaves era o “piso”, não o “teto”, do numero de aeronaves a serem compradas futuramente pelas duas forças. Ele disse que a questão de quantos aviões seriam comprados seria reavaliada no verão durante o Quadrennial Defense Review , uma grande revisão dos programas de defesa conduzida a cada quatro anos. O número dos pequenos transportes seria também ponderado contra o número de C-130Js a serem construídos pela Lockheed Martin Corp (LMT.N), disse Donley.

Numa carta ao Secretário de Defesa Robert Gates datada de 1° de maio, 13 deputados  demonstraram sua discordância com a idéia de se reduzirem estas compras do C-27J. O Senador Mel Martinez expressou sua preocupação de que tendo em vista a redução dos números, a L-3 não consiga construir os aviões nos EUA. A L-3 está associada com a Alenia North America, uma unidade da empresa italiana Finmeccanica (SIFI.MI), para construir os aviões sob um contrato de 2007. Os aviões foram projetados para atender às necessidades táticas dos comandantes no terreno para transporte de carga dentro do teatro de operações, a chamada "last tactical mile,", assim como para as missões emergenciais do “homeland security”, incluindo transporte de suprimentos a áreas afetadas por furacões.

(Reportagem por Andrea Shalal-Esa, edição por Gerald E. McCormick)  http://www.reuters.com/article/rbssIndustryMaterialsUtilitiesNews/idUSN2140410720090521

 

Last Updated on Tuesday, 26 May 2009 11:08
 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2021 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.