FREMM : Aquitaine será lançada ao mar em 29/04/2010 PDF Print E-mail
Written by Felipe Salles   
Thursday, 05 November 2009 10:31

 

 

FREMM : A fragata Aquitaine será colocada na água no dia 29 de abril de 2010  05/11/2009 Será em 29 de abril próximo que a Aquitaine, primeira unidade do programa das Frégates Européennes Multi-Missions (FREMM), será lançada ao mar. Construída pelo estaleiro da DCNS em Lorient, este navio de nova geração deve entrar em serviço na Marine nationale em 2012. De agora até 2022, a DCNS deverá entregar à frota francesa 11 FREMM, das quais, duas na versão antiaérea, o que permitirá substituir as fragatas das classes F67 (Tourville), F70 ASM (Georges Leygues) e F70 AA (Cassard).

Com um comprimento de 142 metros e uma largura de 20 metros, as futuras fragatas francesas apresentarão um deslocamento de 6000 toneladas quando plenamente carregadas. Nove das FREMM serão dedicadas à missão antisubmarino. Nesta configuração, elas disporão de 4 tubos lança-torpedos e de um helicóptero NH90 (em sua versão ASM), estes meios poderão lançar até 19 torpedos do tipo MU90. A detecção será assegurada por um sonar ativo e outro com antena passiva rebocada (CAPTAS UMS 4229), além de um sonar MFS 4110. A autoproteção do navio ficará a cargo de dois lançadores de despistadores antitorpedos.

O armamento adicionalmente compreenderá oito mísseis antinavio Exocet MM40 Block3, 16 mísseis de cruzeiro Scalp Naval, 16 mísseis anti-aéreos Aster 15, uma torreta na proa com canhão de 76mm, além de metralhadoras.

Os equipamentos serão complementados por um radar multifunção Herakles, dois radares de navegação e um para controle do helicóptero orgânico, dois interferidores (jammers) para Guerra Eletrônica e dois lançadores de chaff NGDS.

Na sua versão de defesa aérea, a fragata batizada de FREDA vai dispor de um radar Herakles mais possante e de 32 mísseis Aster 30 e Aster 15 (mas perdendo a possibilidade do disparo do Scalp Naval). O sistema de combate e o Centro de  Operações de Combate serão, igualmente, adaptados à sua missão específica.

Lançado em 2005, o programa FREMM é tocado em cooperação com a Itália, que pretende construir 10 fragatas destas para sua marinha. Apresentando um design levemente diferente, o navio Carlo Bargamini, cabeça de série das FREMM italianas, teve sua quilha batida nos estaleiros da Fincantieri no início de 2008

Fora da França e da Itália, as fragatas da família FREMM estão sendo ofertadas para a exportação. A DCNS já recebeu, inclusive, uma encomenda de um navio para a Marinha do Marrocos e espera colocar seu produto em numerosos países, em particular na Grécia.

 

Fonte: Mer et Marine http://www.meretmarine.com/article.cfm?id=111537&u=62701

 Nota da Alide: Segundo fontes da Marinha do Brasil o projeto da FREMM é um dos mais fortes candidatos para atender ao requerimento da nova escolta de 6000 toneladas que será adquirida pela Marinha do Brasil em 2010. Segundo se comenta a MB pretenderia comprar até seis unidades a serem fabricadas localmente no Brasil. O Ministro Nelson Jobim visitou na semana passada os estaleiros italianos quando recebeu briefings sobre o Navio de Patrulha Oceânico da Classe Commandante e também sobre a fragata FREMM na sua configuração local.
Last Updated on Thursday, 05 November 2009 12:56
 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2021 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.