Museo Aeroespacial de Colombia PDF Print E-mail
Tuesday, 11 November 2008 16:18

 

Todas as fotos são do autor deste artigo fotografadas em julho e novembro de 2005, e a reprodução sem autorização por escrito é expressamente proibida.

 A Fuerza Aérea Colombiana

A aviação militar da Fuerza Aérea Colombiana (FAC) teve seu batismo de fogo no início dos anos 30 num conflito contra o Peru. Naquela época por carecer de equipamento teve que requisitar aviões da companhia aérea SCADTA, bem como pilotos mercenários alemães . Após a Segunda Guerra Mundial foi equipada principalmente com aeronaves norte-americanas. Um longo conflito interno de guerrilhas e grupos paramilitares obrigam as forças militares a se manterem em prontidão permanente. Hoje além de caças Mirage 5 e Kfir, a  espinha dorsal é composta de aviões de combate anti-guerrilha como os T-27 Tucano, OV-10 Bronco, A-37 Dragonfly , Basler AC-47 Fantasma e a aquisição mais recente  de Super Tucanos.

Museo Aeroespacial de Colombia - MAECO

O Museo Aeroespacial de Colombia foi inaugurado em 1967 , e está instalado na sede do Comando Aéreo de Transporte Militar (CATAM) na Base Aérea Brigadier General Camilo Daza ; que compartilha a pista de pouso com o Aeropuerto Internacional de El Dorado - Bogotá.  Devido a situação do país , o visitante é obrigado a seguir estritamente as regras de segurança estabelecidas pela base militar. A visita do museu é monitorada por um guia em tempo integral, que somente autoriza fotografar os aviões lá expostos em ângulos que não apareçam as instalações da área militar. Por este motivo foi-me impedido de fotografar 2 aviões: um C-47 (FAC 667) magnificamente restaurado e um A-37 Dragonfly (FAC 2164).

A sede do museu expõe peças e motores de aviões antigos, maquetes de aviões ,  um cinema que apresenta filmes institucionais e uma loja de memorabilia. 

As Aeronaves

Junkers W-34  FAC407. Sete aviões deste modelo foram operados pela Colômbia durante o conflito com o Peru em 1932, recebendo matriculas FAC401 a 407. Dois deles foram requisitados da companhia aérea SCADTA em virtude da total carência de aviões. Em 1940, três dos W-34 foram comissionados ao Instituto Geográfico Militar y Cadastral , e permaneceram em serviço até 1952. O FAC407 é o último W-34 no mundo.

Passe o mouse sobre as fotos e veja as legendas.
Junkers W-34Junkers JU-52-3mNorth American T-6DLockheed C-60A Lodestar

Junkers JU-52-3m FAC625. A FAC operou seis JU-52, três deles oriundos da SCADTA. Matriculados FAC621 a 626 foram utilizados de 1933 a 1950. O JU-52 FAC625 foi o primeiro avião presidencial da Colômbia.

North American T-6D Texan FAC772. Nada menos que 100 T-6 foram operados pela FAC, a partir de 1940 até 1967 sendo 36 deles perdidos em acidentes. Existem quatro T-6 preservados na Colômbia.

Lockheed C-60A Lodestar FAC654. Este é o único avião não original do museu . A FAC operou dois C-60 (matrículas 654 e 655) de 1943 a 1949. Posteriormente foram vendidos a operadores civis da Colômbia . Apesar do avião preservado ser oriundo de um operador civil dificilmente é o mesmo que a FAC operou.

Beech AT-11 KansanRepublic P-47D-30-RA ThunderboltDe Havilland Canada DHC-2 BeaverHiller OH-23B Raven

Beech  AT-11 Kansan FAC902. Quatro AT-11 foram adquiridos em 1948 e matriculados FAC901 a 904. Foram utilizados até 1963 em missões de aerofotogrametria, cartografia e transporte. A FAC operou também 5 AT-7 Navigators (FAC501 a 505) de 1945 a 1956.

Republic P-47D-30-RA Thunderbolt FAC861. Adquiridos a partir de 1946, 35 aviões foram matriculados FAC828 a 866. Tendo como base em Palanquero, foram extensamente utilizados em missões anti-guerrilha (denominados localmente de bandoleros)  e foram desativados em 1957 com a chegada dos T-33 e F-80 .

De Havilland Canada DHC-2 Beaver FAC108(em processo de restauro). Dos 35 Beaver adquiridos a partir de 1953, poucos ainda estão em atividade. Matriculados inicialmente  FAC101 a 135 e posteriormente FAC5101 a 5135 , cumpriram inúmeras missões tanto com rodas ou flutuadores.

Hiller OH-23B Raven FAC221(em processo de restauro). O Raven foi o primeiro helicóptero operado pela FAC. Matriculados FAC220 a 223 (OH-23B) , FAC224 a 233(OH-23D) e FAC234 a 235(OH-23F), um total de 16 unidades operaram de 1952 a 1972. O modelo foi desativado após um acidente com perda total envolvendo o FAC220 em 20/10/72.

Beech T-34A MentorBell 47G SiouxLockheed T-33Lockheed T-33 do Museo Militar de Colômbia

Beech T-34A Mentor FAC318. Em 1954 a FAC recebeu 50 Mentor matriculados FAC300 a 349. Em 1970 vieram  6 aviões para substituir atritos, recebendo as mesmas matriculas dos aviões acidentados adicionando a letra “A” na matrícula original  . Em 1977 se adquiriu mais 10 aviões recebendo matricula FAC2301 a 2310. Os Mentor estão em serviço até os dias atuais.

Bell 47G Sioux FAC206. Um total de 29 Sioux de vários modelos foram adquiridos a partir de 1954: 5  modelos “D” (FAC200 a 204), 9 modelos “G” (FAC206 a 214) , 4 modelos “H” (FAC215 a 218) , 8 modelos “S”(FAC222 a 229) e 3 modelos “J” (FAC219 a 221). Além destes a FAC restaurou 2 Sioux a partir de células acidentadas recebendo as matrículas FAC200A e 200B. Foram utilizados até 1994.

Lockheed T-33 FAC2033. Os primeiros jatos da FAC. Um total de 52 T-33 foram adquiridos a partir de 1954 , dos quais 45 T-33A (FAC2000 a 2044) e 4 RT-33 (FAC2071 a 2074) . Os 3 T-33 restantes foram adquiridos para repor perdas ,recebendo as mesmas matrículas dos aviões acidentados adicionados da letra “A” .

Lockheed F-80C Shooting StarDouglas C-54 SkymasterDouglas C-54 SkymasterDouglas B-26C Invader

Lockheed F-80C Shooting Star FAC2061. Sempre operando na Base Aérea de Palanquero , 25 aviões foram adquiridos em 1955, matriculados FAC2051 a 2065 e  FAC2330 a 2339 e em serviço até 1966.

Douglas C-54 Skymaster FAC613. (de 1954 a 1957) rematriculado FAC690 (de 1958 a 1972). Nada menos que 20 C-54 foram operados pela FAC recebendo matrículas FAC-690 a 699 , FAC1101 a 1105 e FAC640 a 644. O exemplar preservado foi utilizado inicialmente como avião presidencial e é o C-54 com menor número de horas de vôo no mundo. Os últimos Skymaster da Colômbia estiveram em serviço até 1990.

Douglas B-26C Invader FAC2519. Avião intensamente utilizado em combate a guerrilha interna de 1955 a 1968. Sua aposentadoria prematura deveu-se a fadiga das longarinas das asas, o calcanhar de Aquiles dos Invaders. Apelidado pelosbandoleros de “chulos” ou “gallinazos”, dos 20 B-26C (FAC2500 a 2519) adquiridos 7 foram perdidos em acidentes , sendo que a perda do FAC2515 culminou com a destivação do modelo. Tal qual os B-26 operados pelo Chile e Peru ostentam pintura preto fosco.

Canadair CL-13 Sabre Mk.IV FAC2023. Fabricados no Canadá e impulsionados por turbinas Orenda 14 , além de Honduras , a Colômbia foi o único país a receber a versão mais potente dos F-86F. Seis unidades foram adquiridas em 1956 (FAC2021 a 2026). Em 1963 foram adquiridos 4 F-86F norte-americanos equipados com turbinas J47-GE-27 recebendo matrículas FAC2027 a  2030. Tiveram uma carreira curta na FAC dando baixa em 1967.

Canadair CL-13 Sabre Mk.IVBell UH-1B IroquoisHughes OH-6A CayuseLockheed C-130B Hercules

Bell UH-1B Iroquois FAC4272 (ex FAC272). 10 UH-1B adquiridos em 1963 matriculas FAC270 a 279, 40 UH-1H adquiridos a partir de 1969 matriculas FAC280 a 299 e FAC4401 a 4419, 20 AH-1H adquiridos a partir de 1972 matriculas FAC4201 a 4220 e 9 UH-1N adquiridos a partir de 1984 matriculas FAC4001(ex FAC002), FAC4002 a 4006 e FAC003 a 004.

 

Hughes OH-6A Cayuse FAC4251 (ex FAC251). 25 Cayuse foram adquiridos sendo 15 em 1968  e 10 em 1977  recebendo inicialmente matrículas FAC241 a 265 e posteriormente rematriculados FAC4241 a 4265. A FAC opera também 15 Defender MD-500 (FAC4331 a 4345) e 5 Defender MD-530 (FAC4301 a 4305). Nota-se que o Cayuse preservado recebeu cauda e nariz dos MD-530.

 

Lockheed C-130B Hercules FAC1011. 13 C-130 foram adquiridos á partir de 1968 ,sendo 11 C-130B (FAC1001 a 1003 e FAC1006 a 1013) e 2 C-130H (FAC1004 e 1005).É o único C-130 preservado em museu aeronáutico em toda América Latina.

 

Cessna T-41D Mescalero FAC2425. Versão militar do clássico Cessna 172, 30 deles foram adquridos em 1968. Alguns T-41D foram armados com foguetes e bombas em pylones sub-alares.

 
Cessna T-41D MescaleroCessna T-37C Tweety BirdNorth American Rockwell OV-10A BroncoSwearingen C-26B Metro III
 

Cessna T-37C Tweety Bird FAC2112. Um total de 30 T-37C foram adquiridos em vários lotes desde 1968 , recebendo matrículas FAC2100 a 2129. O T-37C ainda está em serviço na FAC.

 

North American Rockwell OV-10A Bronco FAC2223. Avião popular entre os pilotos da FAC , é muito utilizado em missões de combate. Serão substituídos pelos Super Tucano em breve. 22 aviões foram adquiridos em 1991 recebendo matrículas FAC2210 a 2231.

 

Swearingen C-26B Metro III FAC1240 (em processo de restauro). 3 Metro III foram adquiridos no final dos anos 90 recebendo matrículas FAC1240 a 1242. O modelo preservado foi desativado após acidentar-se. 

Serviço

Para visitar o Museo Aeroespacial é primordial que agende previamente , através do e-mail museo@fac.mil.co ou pelos telefones 4139-394 /  4397-800 extensión(ramal) 1161. Site: http://www.fac.mil.co/?idcategoria=42

O horário de funcionamento é de segunda a sexta das 8:00 às 15:30hs.

Ao agendar a visita , seu nome constará entre as pessoas autorizadas a adentrar na base aérea naquele dia ; e um guia estará aguardando na hora combinada. Por razões de segurança , táxis não são autorizados a trafegar a partir da avenida que liga o Aeroporto Internacional à Base Aérea. Para percorrer este trecho é necessário pegar um coletivo autorizado a um custo de R$ 0,60 por viagem. A entrada do museu é gratuita, e apesar do esquema de segurança imposto, o pessoal do museu é extremamente atencioso.

Museo Militar de Colombia

Além do Museo Aeroespacial, em Bogotá encontramos um outro museu que expõe equipamentos militares das três armas. Localizado no Centro Histórico de Bogotá, este museu expõe maquetes de aviões, maquetes de belonaves, peças de artilharia, armas leves, torpedos, um blindado M-8 Greyhound e 3 aviões. O Museo Militar está localizado na Calle 10 nº4 – 92 em Bogotá , está aberto de terça a domingo das 9:00 às 16:00hs e a entrada custa R$2,50    

Bell 47D Sioux FAC204 que equivocadamente está escrito que foi utilizado a serviço da Presidência da República. Na verdade o Bell 47 presidencial foi o FAC213
Cessna A-37 Dragonfly
  
 
 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2018 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.