Royal Air Force Museum - Hendon PDF Print E-mail
Monday, 17 November 2008 11:52

 

O Museu da RAF

O Royal Air Force Museum (também conhecido por RAF Museum) é um dos principais museus britânicos dedicados à preservação da história da aviação e da Royal Air Force, a Força Aérea Britânica em especial. O museu é uma entidade pública subordinada ao Department for Culture, Media and Sport.

O Museu é dividido em duas localidades: O RAF Museum London que fica no bairro de Colindale (perto de Hendon) ao norte de Londres, e o RAF Museum Cosford residente na base aérea da RAF de Cosford na cidade de Shropshire, oito quilômetros ao noroeste da cidade de Wolverhampton. A sede londrina foi inaugurada em Colindale (então parte de Hendon) no dia 15 de novembro de 1972 pela rainha Elizabeth. Os seus hangares acomodavam apenas 36 aeronaves nesta ocasião. Ao longo dos anos, aviões e helicópteros espalhados por todo o país foram sendo recuperados e enviados para o Museu.

A sede londrina

No grande gramado em frente ao Museu, um Spitfire e um Hawker Hurricane, dois veteranos da Batalha da Grã-Bretanha estão expostos sobre pedestais onde se pode praticamente senti-los voando. Ao fundo, à esquerda um míssil antiaéreo Bloodhound é exibido em seu lançador, enquanto do lado direito do terreno ficam duas lanchas de resgate de pilotos e de reboque de alvos que, inusitadamente, foram operadas pela própria RAF. Uma delas, de 20 metros de comprimento, serviu continuamente nestas funções entre 1956 e 1978. 

raf-hendon_000
raf-hendon_000raf-hendon_000
raf-hendon_001
raf-hendon_001raf-hendon_001
raf-hendon_002
raf-hendon_002raf-hendon_002
raf-hendon_003
raf-hendon_003raf-hendon_003

raf-hendon_004
raf-hendon_004raf-hendon_004
raf-hendon_005
raf-hendon_005raf-hendon_005
raf-hendon_006
raf-hendon_006raf-hendon_006

 

O Royal Air Force Museum London é composto de cinco ambientes independentes de exibição, cada um trazendo uma ótica distinta ao visitante.

Milestones of Flight (A Evolução da Aviação)

The Bomber Hall (O Hall dos Bombardeiros)

Historic Hangars (Os Hangares Históricos)

The Battle of Britain Hall (O Hall da Batalha da Grã-Bretanha)

The Grahame-White Factory (A Fábrica Grahame-White)

 

The Grahame-White Factory (A Fábrica Grahame-White)

A indústria Grahame-White Aviation Company foi uma das primeiras fabricantes de aeronaves na Inglaterra, tendo se estabelecido na região de Hendon no ano de 1911. Além da fábrica, Claude Grahame-White instalou naquele local sua própria escola de aviação no mesmo aeródromo. Esta era prática relativamente comum naquele período, uma vez que ainda não existiam pilotos em número suficiente para sustentar a demanda por seus produtos. Aqui, neste galpão, foram produzidos vários modelos próprios, e também biplanos franceses Morane-Saulnier, durante a 1ª Guerra Mundial para as forças aéreas britânicas. A fábrica encerrou suas atividades em 1920. Aqui ficam todos os aviões famosos da 1A Guerra Mundial como o treinador AVRO 504K, SE5a, Bleriot XXVII, e Caudron G3, ao lado de outros mais exóticos e raros.

raf-hendon_007
raf-hendon_007raf-hendon_007
raf-hendon_008
raf-hendon_008raf-hendon_008
raf-hendon_009
raf-hendon_009raf-hendon_009
raf-hendon_010
raf-hendon_010raf-hendon_010
raf-hendon_011
raf-hendon_011raf-hendon_011

raf-hendon_012
raf-hendon_012raf-hendon_012
raf-hendon_013
raf-hendon_013raf-hendon_013
raf-hendon_014
raf-hendon_014raf-hendon_014
raf-hendon_015
raf-hendon_015raf-hendon_015

raf-hendon_016
raf-hendon_016raf-hendon_016
raf-hendon_017
raf-hendon_017raf-hendon_017
raf-hendon_018
raf-hendon_018raf-hendon_018

Milestones of Flight (A Evolução da Aviação)

Este é a construção mais recente no Museu, tendo sido inaugurada em 2003, e sua estrutura previu desde o início a capacidade de suportar o peso das aeronaves que seriam dependuradas do teto, simulando suas posições durante o vôo. Este edifício também foi criado levando em conta a necessidade de iluminação sem que nenhum dos aviões realmente se encontrasse exposto diretamente aos raios solares, o que certamente danificaria estas aeronaves históricas e raras.

raf-hendon_019
raf-hendon_019raf-hendon_019
raf-hendon_020
raf-hendon_020raf-hendon_020
raf-hendon_021
raf-hendon_021raf-hendon_021
raf-hendon_022
raf-hendon_022raf-hendon_022
raf-hendon_023
raf-hendon_023raf-hendon_023

raf-hendon_024
raf-hendon_024raf-hendon_024
raf-hendon_025
raf-hendon_025raf-hendon_025
raf-hendon_026
raf-hendon_026raf-hendon_026
raf-hendon_027
raf-hendon_027raf-hendon_027
raf-hendon_028
raf-hendon_028raf-hendon_028

É aqui onde se encontra a maioria dos aviões da coleção que não são origem britânica e que não foram operados pela RAF. Aqui ficam ícones como o Messerschmitt 262 e 109, o North American P-51D Mustang, Kawasaki Ki 100 e o biplano Fokker D VII, Estes aviões representam importantes progressos da tecnologia aeroespacial mundial, ao seu lado, estão o protótipo do Eurofighter, o DH Mosquito, um Harrier GR.3, um Hawker Tempest V e um Hawker Hart II e um SE5a, ambos biplanos da 1ª Guerra Mundial.

raf-hendon_030
raf-hendon_030raf-hendon_030
raf-hendon_031
raf-hendon_031raf-hendon_031
raf-hendon_032
raf-hendon_032raf-hendon_032
raf-hendon_033
raf-hendon_033raf-hendon_033
raf-hendon_034
raf-hendon_034raf-hendon_034

raf-hendon_035
raf-hendon_035raf-hendon_035
raf-hendon_036
raf-hendon_036raf-hendon_036
raf-hendon_037
raf-hendon_037raf-hendon_037
raf-hendon_038
raf-hendon_038raf-hendon_038
raf-hendon_039
raf-hendon_039raf-hendon_039

raf-hendon_040
raf-hendon_040raf-hendon_040
raf-hendon_041
raf-hendon_041raf-hendon_041
raf-hendon_042
raf-hendon_042raf-hendon_042
raf-hendon_043
raf-hendon_043raf-hendon_043

Historic Hangars (Os Hangares Históricos)

Foi aqui que o Museu nasceu em 1972, onde hoje ficam os principais tipos de aeronaves que foram usadas pela RAF. Logo na entrada um impecável Hawker Hunter, seguido por um Curtiss P-40 Kittyhawk IV, um Hawker Hart Mk II amarelo, um Hawker Tempest II e um Republic Thunderbolt II. Para explicitar o nível da tecnologia aeroespacial alcançado na Primeira Guerra Mundial, um Bristol F2b foi restaurado apenas do lado esquerdo, deixando o lado direito apenas na estrutura de madeira. Da leva de aviões da segunda Guerra existe aqui também um Spitfire Vb e um Bristol Beaufighter TFX. A fuselagem/casco em madeira do Supermarine Southhampton, impecavelmente restaurada, com sua estrutura visível, sob apenas uma camada de verniz, demonstra um trabalho de mão de obra impressionante. Nestes hangares ficam ainda um bombardeiro médio a jato Canberra, um Panavia Tornado F.1A, um Phantom FGR2. Completando a lista de aviões clássicos um Lightning F.6, um de Haviland Vampire F.3, e um Gloster Meteor F.8. Entre os helicópteros da coleção “Whirling Rotors”  vê-se um protótipo civil do EH-101, um Wessex HCC4 pintado nas cores vistosas VVIP do Queen’s Flight, um Gazelle HT3 e um Westland Whirlwind com acabamento em amarelo SAR. Um helicóptero britânico dos menos conhecidos é o Westland Belvedere, um grande bi-motor, bi-rotor em tandem, que serviu na RAF durante a insurreição do pós-guerra nas, então, colônias britânicas Malásia e Cingapura.

raf-hendon_044
raf-hendon_044raf-hendon_044
raf-hendon_045
raf-hendon_045raf-hendon_045
raf-hendon_046
raf-hendon_046raf-hendon_046
raf-hendon_047
raf-hendon_047raf-hendon_047
raf-hendon_048
raf-hendon_048raf-hendon_048
 

raf-hendon_049
raf-hendon_049raf-hendon_049
raf-hendon_050
raf-hendon_050raf-hendon_050
raf-hendon_051
raf-hendon_051raf-hendon_051
raf-hendon_052
raf-hendon_052raf-hendon_052
raf-hendon_053
raf-hendon_053raf-hendon_053

raf-hendon_054
raf-hendon_054raf-hendon_054
raf-hendon_055
raf-hendon_055raf-hendon_055
raf-hendon_056
raf-hendon_056raf-hendon_056
raf-hendon_057
raf-hendon_057raf-hendon_057
raf-hendon_058
raf-hendon_058raf-hendon_058

raf-hendon_059
raf-hendon_059raf-hendon_059
raf-hendon_060
raf-hendon_060raf-hendon_060
raf-hendon_061
raf-hendon_061raf-hendon_061
raf-hendon_062
raf-hendon_062raf-hendon_062
raf-hendon_063
raf-hendon_063raf-hendon_063

raf-hendon_064
raf-hendon_064raf-hendon_064
raf-hendon_065
raf-hendon_065raf-hendon_065
raf-hendon_066
raf-hendon_066raf-hendon_066
raf-hendon_067
raf-hendon_067raf-hendon_067
raf-hendon_068
raf-hendon_068raf-hendon_068

raf-hendon_069
raf-hendon_069raf-hendon_069
raf-hendon_070
raf-hendon_070raf-hendon_070
raf-hendon_071
raf-hendon_071raf-hendon_071
raf-hendon_072
raf-hendon_072raf-hendon_072
raf-hendon_073
raf-hendon_073raf-hendon_073

raf-hendon_074
raf-hendon_074raf-hendon_074
raf-hendon_075
raf-hendon_075raf-hendon_075
raf-hendon_076
raf-hendon_076raf-hendon_076
raf-hendon_077
raf-hendon_077raf-hendon_077
raf-hendon_078
raf-hendon_078raf-hendon_078

raf-hendon_079
raf-hendon_079raf-hendon_079
raf-hendon_080
raf-hendon_080raf-hendon_080
raf-hendon_081
raf-hendon_081raf-hendon_081
 

raf-hendon_115
raf-hendon_115raf-hendon_115
raf-hendon_116
raf-hendon_116raf-hendon_116
raf-hendon_117
raf-hendon_117raf-hendon_117
raf-hendon_118
raf-hendon_118raf-hendon_118
raf-hendon_119
raf-hendon_119raf-hendon_119

raf-hendon_120
raf-hendon_120raf-hendon_120
raf-hendon_121
raf-hendon_121raf-hendon_121
raf-hendon_122
raf-hendon_122raf-hendon_122
raf-hendon_123
raf-hendon_123raf-hendon_123
raf-hendon_124
raf-hendon_124raf-hendon_124
 

The Bomber Hall (O Hall dos Bombardeiros) 

Segundo o pessoal do Museu esta área é em si um tributo aos mais de 131,000 militares que deram suas vidas durante o esforço combinado de bombardeio durante a Segunda Guerra Mundial na tentativa de freiar a máquina de guerra e a economia alemãs. Os maiores “hóspedes” do Museu ficam localizados nesta ala que é um anexo dos Historic Hangars. Na sua entrada, o imponente AVRO Lancaster atua como um monumental “Gate Guardian”. À direita está o lindo B-24 Liberator doado pela Força Aérea da Índia, e à esquerda um B-17G nas cores vibrantes da USAAF americana ao final da guerra no teatro europeu. No entanto, a grande, e bota “grande” nisso, estrela deste hall é o Vulcan B.2 XL318 que conta até com bancos acolchoados à sua sombra, para que o visitante possa captar a escala monumental deste belo avião. Também no fundo uma exibição demonstra o “resultado” no chão dos ataques devastadores dos bombardeiros na Segunda Guerra Mundial. Um evidente sinal da mudança tecnológica ao longo dos tempos é a presença de um pesadão Hawker Siddeley (Blackburn) Buccaneer S.2B pintado em cor bege para operações no deserto, como foi usado na primeira Guerra do Golfo em 1991.

raf-hendon_082
raf-hendon_082raf-hendon_082
raf-hendon_083
raf-hendon_083raf-hendon_083
raf-hendon_084
raf-hendon_084raf-hendon_084

raf-hendon_085
raf-hendon_085raf-hendon_085
raf-hendon_086
raf-hendon_086raf-hendon_086
raf-hendon_087
raf-hendon_087raf-hendon_087
raf-hendon_088
raf-hendon_088raf-hendon_088
raf-hendon_089
raf-hendon_089raf-hendon_089

raf-hendon_090
raf-hendon_090raf-hendon_090
raf-hendon_091
raf-hendon_091raf-hendon_091
raf-hendon_092
raf-hendon_092raf-hendon_092
raf-hendon_093
raf-hendon_093raf-hendon_093
raf-hendon_094
raf-hendon_094raf-hendon_094

raf-hendon_095
raf-hendon_095raf-hendon_095
raf-hendon_096
raf-hendon_096raf-hendon_096
raf-hendon_097
raf-hendon_097raf-hendon_097
raf-hendon_098
raf-hendon_098raf-hendon_098
raf-hendon_099
raf-hendon_099raf-hendon_099

raf-hendon_100
raf-hendon_100raf-hendon_100
raf-hendon_101
raf-hendon_101raf-hendon_101
raf-hendon_102
raf-hendon_102raf-hendon_102
raf-hendon_103
raf-hendon_103raf-hendon_103
raf-hendon_104
raf-hendon_104raf-hendon_104

raf-hendon_105
raf-hendon_105raf-hendon_105
raf-hendon_106
raf-hendon_106raf-hendon_106
raf-hendon_107
raf-hendon_107raf-hendon_107
raf-hendon_108
raf-hendon_108raf-hendon_108
raf-hendon_109
raf-hendon_109raf-hendon_109

raf-hendon_110
raf-hendon_110raf-hendon_110
raf-hendon_111
raf-hendon_111raf-hendon_111
raf-hendon_112
raf-hendon_112raf-hendon_112
raf-hendon_113
raf-hendon_113raf-hendon_113
raf-hendon_114
raf-hendon_114raf-hendon_114

Aqui, como por todo o museu as aeronaves são exibidas ao lado de seus motores e armamento, por isso estão aqui o imenso míssil ar-solo nuclear Blue Steel e o grande casulo do sistema de destruição de pistas britânico Hunting JP233, criado especialmente para o Tornado da RAF.  Ao fundo desse hall fica a parte frontal do XH672, um bombardeiro nuclear convertido em avião-tanque Victor K.dois. Aqui ele é apresentado no meio de um procedimento de reabastecimento.

Entre os aviões inimigos existentes no Museu londrino se destacam os alemães Heinkel He 162A-2 Volksjäger, tentativa desesperada de se criar um caça a jato barato, e um Fw 190A-8/U-1 treinador biplace, uma raridade entre os sobreviventes deste modelo de caça.

The Battle of Britain Hall (O Hall da Batalha da Grã-Bretanha)

Se em algum momento recente os britânicos chegaram a temer por sua independência isso foi durante a chamada Batalha da Grã-bretanha um período no verão e outono de 1940 em que a Luftwaffe alemã martelou as bases aéreas britânicas desde suas bases na França, Holanda, Bélgica e Noruega. Nesta ala todos os clássicos tipos empregados neste período. Do lado Britânico compõem a coleção o Spitfire e o Hurricane, do lado alemão o Bf 109 e o bi-motor Bf-110, este com radar de interceptação noturna no nariz, e um Heinkel He 111, o mais importante bombardeiro alemão daquela fase da guerra. Sobre estes aviões e nas paredes do fundo, várias vezes ao dia, são projetadas um programa de som e luz onde se ensina de forma muito didática com imagens, musicas, efeitos sonoros e uma narração contando os fatos, feitos da história da Batalha da Grã-bretanha. Bem ao lado a coleção de aviões inclui um Boulton Paul Defiant, um Bristol Blenheim, um Fiat CR42 Falco, um Junkers Ju 87G-2 Stuka e um treinador Bucker Jungman Bu 131 fabricado pela Casa, fabricante espanhola sob licença.

raf-hendon_125
raf-hendon_125raf-hendon_125
raf-hendon_126
raf-hendon_126raf-hendon_126
raf-hendon_127
raf-hendon_127raf-hendon_127
raf-hendon_128
raf-hendon_128raf-hendon_128
raf-hendon_129
raf-hendon_129raf-hendon_129

raf-hendon_130
raf-hendon_130raf-hendon_130
raf-hendon_131
raf-hendon_131raf-hendon_131
raf-hendon_132
raf-hendon_132raf-hendon_132

O outro lado do edifício é tomado por dois hidroaviões, um enorme Shorts Sunderland MR5, e um pequenino Supermarine Seagull V. No fundo do salão, deitada no solo, uma bomba voadora V-2 com painéis removidos para dar visibilidade dos seus sistemas internos. No teto fica um exemplar dos primeiros “mísseis de cruzeiro” da história, a V-1.

Fica aqui neste prédio a lanchonete, porque nenhum aficionado por mais amantes das aeronaves é movido somente a ar.

Lista completa de aeronaves do Museu Londrino

Airspeed Oxford 1

Avro 504K

Avro Anson 1

Avro Lancaster 1

Avro Rota

Avro Vulcan B2

BAe Harrier GR3

Blériot XI

Blériot XXVII

Boeing B17G Fortress

Boulton Paul Defiant 1

Bristol Beaufighter TFX

Bristol Beaufort

Bristol Blenheim IV

Bristol Bulldog MkIIA

Bristol F2b

Bristol M1c

British Aircraft Corporation Jet Provost T5A

British Aircraft Corporation Lightning F6

CASA E3B

Caudron G3

Clarke Glider

Consolidated B24L-20-FO Liberator

Curtiss Kittyhawk IV

de Havilland 9A

de Havilland Chipmunk

de Havilland Gipsy Moth

de Havilland Mosquito B35

de Havilland Tiger Moth II

de Havilland Vampire F3

English Electric Canberra PR3

Eurofighter Typhoon

European Helicopter Industries Merlin EH101

Fiat CR42 Falco

Focke Wulf Fw190A-8/U-1

Fokker DVII

Gloster Gladiator 1

Gloster Meteor F8

Handley Page Halifax II

Hanriot HD1

Hawker Hart II

Hawker Hart Mk II

Hawker Hunter FGA9

Hawker Hurricane 1

Hawker Siddeley Buccaneer S2B

Hawker Tempest II

Hawker Tempest V

Hawker Typhoon 1B 

Heinkel He 162A-2

Heinkel He111H-20

Junkers Ju87G-2

Junkers Ju88R-1

Kawasaki Ki-1001b

Lockheed Hudson IIIA

McDonnell Douglas Phantom FGR2

Messerschmitt Bf 109E-3

Messerschmitt Bf 109G-2

Messerschmitt Bf 110G-2

Messerschmitt Me 262A-2a Schwalbe (Swallow)

Miles M.12 Mohawk

North American Harvard IIB

North American P-51D Mustang

North American TB-25 J Mitchell

Panavia Tornado GR1

Percival Mew Gull

Panavia Tornado P02

Republic P-47D Thunderbolt II

Robinson R22

Royal Aircraft Factory BE2b

Royal Aircraft Factory SE5A

Saunders-Roe Skeeter AOP 12

Short Sunderland MR5

Sikorsky R-4B Hoverfly 1

Slingsby Type 38 Grasshopper

Sopwith 1½ Strutter

Sopwith F1 Camel

Sopwith Pup

Sopwith Tabloid

Sopwith Triplane

Supermarine Seagull V

Supermarine Southampton

Supermarine Spitfire F24

Supermarine Spitfire I

Supermarine Spitfire Vb

Supermarine Stranraer

Taylorcraft Auster 1

Vickers FB5

Vickers Vimy

Vickers Wellington X

Westland Belvedere HC1

Westland Gazelle HT3

Westland Lysander III

Westland Wallace II

Westland Wessex HCC4

Westland Whirlwind HAR 10 

 

 

A filial de Cosford

 

No dia 1º de maio de 1979, a filial de Cosford foi inaugurada, justamente numa das bases onde eram armazenadas as aeronaves que pertenciam ao acervo do museu. O Museu em iniciou-se apenas com a exibição das células que eram usadas para treinamento técnico aqui em RAF Cosford. O amplo espaço aqui, permite acomodar várias das maiores aeronaves do acervo.

Nos anos seguintes muitas aeronaves foram agregadas à coleção. Em 21 de junho de 1998 quatro novas galerias foram inauguradas para mostrar arte e exibições temporárias ligadas à temática da aviação.

Cosford contém ainda vários dos protótipos britânicos mais importantes, como aqueles que geraram o caça English Electric Lightning e o segundo protótipo do avião de ataque BAC TSR-2.

O B-24 Liberator atualmente em Hendon fazia parte da coleção de Cosford. Esta aeronave foi originalmente oferecida ao Museu pela Força Aérea Indiana. Em troca Cosford recebeu o bombardeiro atômico Vickers Valiant que será um dos destaques da Exposição da futura Guerra Fria.

Esta nova exposição colocará, pela primeira vez em público, além do impressionante acervo atual, os três modelos de “Bombardeiros V”, ao lado de outras aeronaves deste importante período, muitos dos quais serão dependurados do teto, como se estivessem em vôo.

ALIDE pretende, na nossa próxima ida ao Reino Unido, trazer o acervo completo desta outra sede para seus leitores.

Como chegar:

Usando o metrô, sem dúvida a melhor e mais simples forma de chegar ao Museu, basta tomar a linha “Northern” (a rota preta correndo norte-sul no mapa) e saltar na estação de Colindale. Muita atenção deve ser tomada ao entrar no trem se dirigindo ao norte, porque esta rota se bifurca. Na frente da locomotiva existe um painel luminoso indicando para qual dos braços da linha Northern, este trem se dirige. Apenas os trens para o braço Edgware levam ao RAF Museum. Ao sair da estação vire à esquerda e caminhe ao longo desta rua por uns 10 minutos, cruze uma rótula e siga pelo lado direito da rua. O Museu fica do lado direito desta rua. Os horários de abertura são:

A entrada no museu é gratuita para todos os visitantes.

Milestones of Flight        10.00 18.00

Historic Hangars             10.00 18.00

Bomber Hall                   10.00 18.00

Grahame White Factory 10.00 12.00

Battle of Britain Hall      12.00 18.00

 

Tendo em vista o horário menor de abertura da Fabrica Grahame White é melhor que sua visita se inicie por lá. Programe-se para chegar cedo pois no interior dos hangares existe muito para ser visto. Leve dinheiro, pois, a lojinha do museu tem muitos livros que, sem dúvida alguma, vale a pena levar para a sua estante em casa.

O Museu fica localizado em: Grahame Park Way, London, NW9 5LL e o telefone de informações, em inglês, naturalmente é: 020 8205 2266 (Informações para o Público).

Dica quente: bem próximo da entrada do Museu existe a Hannants, uma das maiores lojas londrinas dedicadas à venda de kits plásticos, além incluir um sebo dedicado aos temas militares e aeronáuticos. Imperdível, mesmo que o leitor não seja um plastimodelista, pois o que não falta são pechinchas valiosas por lá! [http://www.hannants.co.uk/]

Conclusão

O museu da RAF em suas duas sedes tem um acervo de mais de 100 aeronaves e muitas são raridades completas. Entre elas os únicos dois bombardeiros Vickers Wellington existentes ainda no mundo e o Avro Lancaster ‘S-Sugar’, que voou 137 missões. Aqui está presente, também, a única célula completa de Hawker Typhoon em todo o planeta.

Nenhum fã de carteirinha da aviação, que se preze, pode deixar de fora de uma viagem à Londres, pelo menos um dia para perambular entre os aviões históricos de Hendon.

    
Last Updated on Sunday, 07 December 2008 15:12
 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2018 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.