BPC Dixmude em Toulon para completar integração de sistemas de combate e testes PDF Print E-mail
Written by Administrator   
Thursday, 14 July 2011 13:44

 

Hoje, 13 de Julho, BPC Dixmude - o terceiro navio de projeção e comando da Marinha Francesa da classe Mistral / BPC, chegou em Toulon após sua saída de Saint-Nazaire, em 6 de Julho.

Ao longo dos próximos seis meses, a DCNS vai concluir a instalação do sistema de combate do navio. O navio será entregue a agência de contratos públicos de defesa francesa DGA no início de 2012.

A DGA encomendou o BPC Dixmude em abril de 2009 como parte de um pacote de estímulo econômico proposto pelo presidente francês, Nicolas Sarkozy. O programa de cooperação industrial resultante foi dado à DCNS e à STX France e a plataforma será construída no estaleiro STX France em Saint-Nazaire, em cooperação com a DCNS.

Ao longo dos próximos seis meses, a DCNS vai concluir o sistema de combate que inclui comunicações, navegação e sistemas de gerenciamento de combate. Um processo exitoso de integração se apoia em cada etapa do trabalho de especialistas de alto valor agregado. O trabalho será realizado por um time de especialistas - cerca de 100 pessoas no total - fornecidos pela DCNS e seus parceiros. Esta atividade é vital para a realização das missões operacionais e representa cerca de um quarto do valor total do navio.

O BPC Dixmude deverá ser entregue à DGA no início de 2012, para a entrada em serviço ativo já no final do ano. Os BPC Mistral e Tonnerre, os dois primeiros navios da classe Mistral, foram construídos pela DCNS e pelo estaleiros então chamado Chantiers de l'Atlantique e entregue à Marinha em 2006 e 2007, respectivamente.

Em 17 de Junho, a DCNS assinou um contrato com a agência russa de exportação de defesa Rosoboronexport para o fornecimento de dois navios do tipo Mistral/BPC, incluindo logística inicial, transferências de tecnologia e treinamento. Este é o primeiro sucesso de exportação do projeto Mistral/BPC. No mercado internacional, esta classe é conhecida como um navio de Deesembarque-doca porta-helicóptero ou LHD. O primeiro navio será entregue à Rússia em 2014, apenas três anos após o aval do contratante. O segundo será entregue em 2015.

Com um comprimento de 199 metros, um deslocamento de 21.500 toneladas e uma velocidade de 19 nós, BPCs oferta uma capacidade de projeção global para as tropas e material, incluindo 450 soldados e 16 helicópteros pesados mais uma das várias opções: dois hovercraft, ou duas lanchas de desembarque de nova geração EDA-R, quatro lanchas de desembarque do tipo LCM ou um terço de um regimento mecanizado completo com veículos blindados (representando uma carga paga de 1000 toneladas). O BPC ainda oferece ampla capacidade atuando como navio-hospital ou para missões humanitárias de grande porte. O projeto inclui uma propulsão elétrica azimutal e um alto nível de automação compatível com uma tripulação de apenas 170 militares. Um sistema embarcado de comunicações de alto desempenho, um radar 3D e o sistema de gerência de combate SENIT 9 fazem dele o tipo ideal para o comando de forças navais desdobradas.

 

Fonte: Release DCNS

Tradução: Guilherme Torres

Last Updated on Friday, 15 July 2011 17:44
 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2021 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.