DCNS: lançado programa para construção de dois BPCs para a Rússia PDF Print E-mail
Written by Administrator   
Wednesday, 07 December 2011 13:35

 

 

Paris, 7 de dezembro de 2011

O projeto para os navios da classe BPC para comando e de projeção de força encomendados pela Federação Russa se encontra em andamento. A DCNS, empresa principal contratada para este programa, iniciou os estudos para adequar o desenho das embarcações às necessidades específicas da Marinha russa. Assinado em junho de 2011, com a agência de exportação de material de Defesa russa Rosoboronexport, o contrato dos BPC com a Rússia é o primeiro sucesso de exportação da DCNS com a plataforma BPC.

O contrato entrou em vigor quando a Rússia efetuou o primeiro pagamento no início de novembro. Ele envolve a entrega à Rússia de dois navios da classe Mistral de Comando e de Projeção de Força, também conhecido como Navio desembarque-docas porta-helicóptero ou LHDs. O contrato também inclui serviços relacionados (logística inicial, formação, etc) e uma transferência de tecnologia.

O programa está em andamento com os estudos de design para adaptar o navio aos requisitos específicos da Rússia. Os dois BPCs serão muito parecidos aos navios do tipo Mistral/BPC operados pela Marinha francesa. No entanto, algumas alterações de design serão necessário para atender às necessidades do cliente.

A versão russa será adaptada para acomodar helicópteros Kamov de rotor duplo, os dois navios serão equipados com sistemas específicos, incluindo protecção anti-gelo da parte do convés de vôo para lidar com condições de clima extremamente frias do Ártico. Os sistemas elétricos também serão adaptadas para atender aos padrões russos.

Após a fase de concepção, a construção se iniciará no primeiro semestre de 2012 no estaleiro STX France em Saint-Nazaire (França). Nos termos do contrato com a Rússia, a DCNS atuará como contratante principal para os dois navios e também integrará o sistema de comando e controle e os equipamentos de comunicação. A STX, por sua vez assinou um acordo de subcontratação com a holding de construção naval russa OSK para permitir o envolvimento dos construtores navais russos n este programa.

O primeiro navio será entregue à Rússia em 2014, três anos após a data de vigência do contrato, a segunda será entregue em 2015.

Desde o início, o BPC foi projetado pela DCNS como um navio multimissão para atender às necessidades das marinhas do mundo, ele é o navio é adequado para uma ampla gama de missões civis e militares.

Com um comprimento de 199 metros, um deslocamento de 22.000 toneladas e uma velocidade superior a 18 nós, os BPCs oferecem uma capacidade de projeção global para as tropas e material, incluindo helicópteros pesados ​​e embarcações de desembarque. Eles também oferecem ampla capacidade como navios-hospitais ou para grandes missões humanitárias. O projeto utiliza propulsão elétrica utilizando o sistema AZIPOD e tem um alto nível de automação compatível com um complemento reduzido de apenas 170 marinheiros. Além disso, um sistema de comunicação de alto desempenho o torna o tipo ideal para exercer o papel de força de comando de um GT.

Os dois primeiros BPCs, Mistral e Tonnerre, foram construídos pela DCNS e STX France e entregue em 2006 e 2007, respectivamente. O terceiro navio da classe, o Dixmude, encomendado pela agência francesa de compras de defesa DGA em 2009, está em construção pela DCNS e STX France e será entregue à Marinha francesa no início de 2012.

 

Fonte: Release DCNS

Last Updated on Wednesday, 07 December 2011 13:41
 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2021 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.