Embraer avança nos programas Legacy 450 e Legacy 500 PDF Print E-mail
Written by Administrator   
Thursday, 03 May 2012 10:56

 

São José dos Campos, Brasil, 3 de maio de 2012 – O programa de desenvolvimento da Embraer para o jato executivo Legacy 500, de categoria midsize, e alcance de de 5.560 km (3.000 milhas náuticas), atingiu vários marcos importantes recentemente, incluindo testes de taxiamento e o início dos Testes de Vibração em Solo (GVT) que precedem o primeiro vôo programado para o terceiro trimestre. Os marcos também incluíram avanços no segundo e terceiro protótipos. Simultaneamente, teve início a Fase de Definição Conjunta (Joint Definition Phase – JDP) para a aeronave irmã, o jato executivo midlight Legacy 450, com alcance de 4.260 km (2.300 milhas náuticas). “Alcançamos marcos importantes que nos deixam confiantes de que poderemos realizar o primeiro vôo do Legacy 500 no terceiro trimestre deste ano, conforme planejado”, disse Marco Túlio Pellegrini, Vice-Presidente de Operações e COO da Embraer, Aviação Executiva. “Os testes demonstram que a aeronave está muito madura em termos de design e integração de sistemas. Enquanto o Legacy 500 inicia a fase de testes, o desenvolvimento do projeto Legacy 450 cresce, com a JDP já bem avançada.” O primeiro protótipo do Legacy 500 começou os testes de taxiamento e GVT em março, alcançando 40 nós e, depois, 80 nós. Ao mesmo tempo, os primeiros acionamentos do sistema elétrico e a junção asa-fuselagem foram completados no protótipo 2. A produção também completou a junção de fuselagem do protótipo 3, que será o primeiro a ter o interior completo. As bancadas de ensaio para desenvolvimentos também estiveram ativas. O Iron Bird, uma plataforma integrada de testes de comandos de vôo, está sendo usado para avaliar o equipamento e componentes dos comandos de vôo fly-by-wire, aviônicos, sistema hidráulico e várias outras interfaces de sistema, tendo realizado mais de 1.700 horas de testes. Há mais de 800 engenheiros da Embraer apoiando esses esforços técnicos para a certificação das aeronaves pela ANAC (Brasil), FAA (EUA), EASA (Europa) e outras autoridades de aviação em mercados-chave em todo o mundo. As aeronaves serão as únicas em suas categorias equipadas com comandos de vôo eletrônicos fly-by-wire de última geração, que aumentam o conforto operacional e dos passageiros, ao mesmo tempo em que reduzem a carga de trabalho do piloto e o consumo de combustível. O Legacy 500 foi apresentado em 23 de dezembro de 2011. Em 17 de janeiro de 2012, a Embraer realizou a primeira partida do motor na sede em São José dos Campos. Os testes foram bem-sucedidos, com todas as funcionalidades e interfaces funcionando conforme o esperado. Uma série de avaliações preliminares – como testes de APU e primeiro abastecimento – foram realizados no dia anterior à partida do motor. Os testes de motor são essenciais para a avaliação adequada de todos os sistemas relacionados: sangria de ar, elétrico, ambiental (ar condicionado), hidráulico e lógica do FADEC, bem como para a integração do motor com os aviônicos. A pressurização também foi feita com excelentes resultados, além de testes bem-sucedidos de manobrabilidade e freios. Sobre o Legacy 450 e o Legacy 500 O midlight Legacy 450 e o midsize Legacy 500 definem um novo paradigma em suas respectivas categorias de jatos executivos. As aeronaves terão as maiores cabines e o melhor isolamento acústico em suas classes. A cabine stand-up de 1,82 m de altura e piso plano, excelente pressurização e banheiros a vácuo são outros destaques das aeronaves, que complementam o desempenho superior e os baixos custos operacionais. A nova geração de sistema de aviônicos Rockwell Collins Pro Line Fusion™ proporciona ampla consciência situacional com uma interface altamente intuitiva. Os avançados motores Honeywell HTF 7500 incorporam as mais novas tecnologias para atender os requisitos de desempenho e melhor eficiência de combustível, emissões reduzidas e baixos custos operacionais, ao mesmo tempo em que mantêm sua ênfase de design em despachabilidade. O midlight Legacy 450 é projetado para levar até nove passageiros. Seu alcance será de 2.300 milhas náuticas (4.260 km) com quatro passageiros, ou 2.200 milhas náuticas (4.070 km) com oito passageiros, ambos incluindo reservas de combustível NBAA IFR, o que significa que o jato poderá voar sem paradas de Londres a Moscou (Rússia) ou Rabat (Marrocos); de Delhi (Índia) a Dubai ou Hong Kong; ou de Jacarta (Indonésia) a Calcutá (Índia). O midsize Legacy 500 levará até 12 passageiros. Ele é projetado para um alcance de 3.000 milhas náuticas (5.560 km) com quatro passageiros, ou 2.800 milhas náuticas (5.190 km) com oito passageiros, ambos incluindo reservas de combustível NBAA IFR. Essas características permitirão que os clientes voem de Nova York a Los Angeles, nos Estados Unidos; de Moscou a Mumbai (Índia), de São Paulo (Brasil) a Monróvia (Libéria) ou de Londres a Lagos (Nigéria). Sobre os serviços e suporte ao cliente Embraer Para atender às demandas dos clientes de jatos executivos, a Embraer investiu na criação de uma rede extensa de seis centros de serviço da própria empresa e mais de 60 centros autorizados no mundo todo, incluindo parcerias com empresas renomadas nas áreas de logística e de capacitação mecânica e de pilotos.

Fonte:Embraer

Last Updated on Thursday, 03 May 2012 11:46
 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2021 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.