Visita do Navio-patrulha "Grajaú" ao Porto de Fortaleza PDF Print E-mail
Written by Administrator   
Monday, 18 June 2012 10:37

 


Nos dias 16 e 17 de junho, estará atracado no porto de Fortaleza (Mucuripe)

o Navio-Patrulha “GRAJAÚ”, comandado pelo Capitão-Tenente Gustavo Almeida

Matos de Carvalho. O Navio estará aberto à visitação pública nos dias 16 e 17JUN, das

14h, até o pôr do Sol.
CONHEÇA UM POUCO DA HISTÓRIA DO NAVIO-PATRULA “GRAJAÚ”

O Navio-Patrulha “GRAJAÚ” foi construído no Arsenal de Marinha do Rio

de Janeiro, fruto de um importante programa de construção de meios com o maior

grau possível de nacionalização. Sua construção foi iniciada em setembro de 1990 e

sua incorporação à Marinha do Brasil ocorreu em 1º de dezembro de 1993. Passou à

subordinação do setor operativo em 30 de março de 1994 e, finalmente, ao Comando do

3º Distrito Naval, em 20 de julho do mesmo ano, ficando, a partir de então, subordinado

ao Grupamento Naval do Nordeste, atual Comando do Grupamento de Patrulha Naval

do Nordeste.

O Navio-Patrulha "GRAJAÚ" é o primeiro de uma classe de doze navios, seu

projeto foi concebido com o propósito de dotar a Marinha de meios mais apropriados

para tarefas de patrulha costeira nas Águas Jurisdicionais Brasileiras (AJB), controle de

área marítima, fiscalização dos recursos e das atividades de pesquisa no Mar Territorial,

Zona Contígua e na Zona Econômica Exclusiva, além do Controle e Segurança das

Plataformas de Petróleo no mar.

CARACTERÍSTICAS GERAIS

Suas principais características são:
COMPRIMENTO TOTAL …………............ 46,50 m

BOCA ……………………………………

7,50 m

CALADO ……………………………...….. 2,4 m

DESLOCAMENTO ………………….......… 230 ton

VELOCIDADE DE CRUZEIRO ……........ 10 nós

VELOCIDADE MÁXIMA …………........…. 22 nós

RAIO DE AÇÃO …………………......……. 2.200 milhas

ARMAMENTO …………………......……….1 Canhão Bofors 40mm

2 Metralhadoras Gamb-01 20 mm

TRIPULAÇÃO………………………….. 30 militares.

O Navio possui dois eixos e respectivos hélices de passo fixo, dois
motores “MTU” Diesel Turbocarregados, com 16 cilindros em “V”, sistema de partida

elétrica e potência de 2.540 hp. O Navio possui ainda os seguintes recursos de Controle

de Avarias:

Uma rede de água salgada suprida por duas bombas centrifugas;

Um sistema de borrifo automático instalado no paiol de munição;

Bombas portáteis para combater incêndios e esgotar compartimentos;

Sistema de detecção de incêndio, com sensores de fumaça e temperatura; e

Sistema fixo de gás HALON para praça de máquinas e compartimento do gerador

de emergência.

Fonte: Marinha do Brasil

 

 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2021 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.