Rafale continua expandindo seus recursos Omnirole PDF Print E-mail
Written by Administrator   
Saturday, 13 April 2013 14:29

 

O Consórcio RAFALE International, formado pelas companhias francesas Dassault Aviation,Thales e Snecma (Grupo Safran), participa da 9ª edição da LAAD –Defence Security, o maior evento de indústria de defesa realizado na América Latina, que acontece de 8 a 12 de abril no Rio de Janeiro.Representando o Consórcio, a Dassault Aviation promete apresentar o mais completo material sobre o caça RAFALE, um dos participantes do programa F-X2 de renovação da frota brasileira.O Rafale já é um caça omnirole tático extremamente eficaz, testado em combate no Afeganistão e na Líbia, mas o seu desenvolvimento continua em ritmo acelerado para explorar cada vez mais as suas diversas capacidades e adicionar novos atributos de forma transparente. Como resultado, o Rafale está destinado a tornar-se ainda melhor em um futuro próximo.Potencial de crescimento comprovado...Os últimos meses se mostraram decisivos para o programa Rafale. A primeira aeronave Rafale equipada com o radar RBE2 AESA foi entregue à Força Aérea Francesa e aconteceu a fase final de qualificação da variante da AASM guiada a laser, a SBU-54. Ambos combinados com a última geração de sistemas de aviso de mísseis e diversas melhorias na interface homem-máquina fizeram com que o caça omnirole se tornasse ainda mais eficiente, letal, duradouro, confiável e de fácil manutenção.Com isso, o Rafale passa a ser o primeiro caça de combate europeu em operação equipado com a tecnologia do radar RBE2 AESA. Também agrega um grande número de melhorias operacionais à aeronave, como o aumento em cerca de 50% da faixa de alcance e o aprimoramento da capacidade do radar.A cobertura angular foi melhorada, ampliando a capacidade de detectar alvos de menor assinatura. Além disso, os radares AESA são mais seguros e têm baixo custo de manutenção.Os tiros da qualificação final do SBU-54, variante da AASM "Hammer"guiada por laser, foram realizados em 12 de dezembro 2012 a partir de um Rafale, o que permitiu o início do uso dessa arma de precisão pelasForças Armadas francesas a partir de 2013. Um impacto direto foi registrado em um veículo comandado por controle remoto que corria a 50km por hora. O SBU-54 será adotado pelas tropas francesas para atacar alvos inimigos ágeis e em movimento, geralmente uma caminhonete armada ou uma embarcação de patrulha.Único no setor, o HAMMER é equipado com uma cauda acoplada e um kit de extensão de alcance, que inclui um potente motor de foguete e asas com abertura automática. Graças a seu alcance de longas distâncias (mais de 60 km para um lançamento em alta altitude, ou 15 km se lançado em baixa altitude), é possível atingir sistemas de defesa aérea e se manter fora de alcance com segurança. Ainda mais importante é a capacidade de engajar seis alvos diferentes em um só passe. Com o AASM, o Rafale não tem que sobrevoar o alvo para realizar sua tarefa com precisão.O Rafale pode transportar um grande volume de armas, mas o inventário de armamentos do caça é constantemente ampliado, oferecendo maior flexibilidade operacional e eficiência de combate. A integração entre armamentos é facilitada pela configuração aerodinâmica do caça, por sua grande quantidade de pontos de carga e pela sua Unidade Modular de Processamento de Dados, que oferece considerável potencial de crescimento.…e garantido através de atualizações contínuas Os primeiros testes de disparo do míssil de propulsão “RAMJET” Meteor foram feitos em outubro de 2012, abrindo caminho para a adoção de novas táticas avançadas em defesa aérea, superioridade e autossuficiência, que vão revolucionar a maneira como os caças Rafale operam no modo ar-ar.Os testes de disparo dos mísseis Meteor complementam os ensaios de compatibilidade com porta-aviões, já realizados no navio nuclear Charles de Gaulle, para garantir que o novo míssil suporte os choques associados aos lançamentos de catapulta e pousos embarcados. É parte de um programa global de integração que culminará com a entrada em serviço do novo míssil Meteor, em 2018, que proporcionará uma zona de sucesso garantido muitas vezes maior do que a dos mísseis atuais. Outras melhorias encomendadas pelo Ministério da Defesa francês, tais como as de modo 5 do IFF, o link de dados avançado com sistema anticolisão, a nova geração de targeting pods (designador de alvos) da Thales e seus novos recursos (aumento da capacidade de identificação e de visão geral de danos colaterais), vão expandir a capacidade do Rafale para enfrentar conflitos futuros.O RAFALE é um avião de concepção nova, de última geração, comprovado em combate, e com grande potencial de crescimento, diferentemente de aviões que são apenas melhorias de modelos anteriores. Todas as suas tecnologias sensíveis foram colocadas à disposição do Brasil através da oferta RAFALE para o programa F-X2. A França é um dos poucos países no mundo que domina independentemente todas elas, e o governo Francês já autorizou seu total compartilhamento com o Brasil.O programa F-X2 é para o Consórcio RAFALE INTERNATIONAL uma oportunidade para o desenvolvimento de um programa tecnológico de longo prazo, com parceria estratégica de larga escala e cooperação industrial entre Brasil e França. O amplo programa de parcerias firmadas com o Brasil inclui mais de 70 acordos com 50 empresas e uma quinzena de Universidades, e abrange mais de 160% do valor total do projeto. Sobre a Dassault Aviation Nos últimos 60 anos a Dassault Aviation entregou mais de 7500 caças civis e militares para 75 países somando 20 milhões de horas de voo.É uma das poucas produções aeroespaciais que domina as tecnologias da completa série de caças, como Rafale, além de ser líder mundial no setor de jatos executivos com a família Falcon.A experiência mundial permitiu que a Dassault Aviation construísse uma considerável expertise em design, desenvolvimento, produção, venda e manutenção de todos os modelos de caças e um reconhecido e demonstrado know-how, soluções operacionais inovadas bem como um pragmático e dinâmico acordo de cooperação. Sobre o RAFALE International RAFALE International é uma joint-venture (G.I.E Groupement d'Intérêt Economique), constituída pela Dassault Aviation, Snecma (Safran Group)e Thales para  promover a aeronave de combate Rafale a clientes internacionais. As três empresas são referências mundiais nos setores aeroespacial e de defesa com mais de 135 mil funcionários e um faturamento anual de 28 bilhões de Euros. Mais informações: www.rafale.com.br

Fonte: Rafale

 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2021 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.