Garcia d’Ávila parte para Haiti e helicópteros da MB voltam de lá PDF Print E-mail
Written by Felipe Salles   
Friday, 26 February 2010 02:49

 

 

 

Nesta sexta-feira (26 de fevereiro) a Marinha do Brasil anunciou a partida, neste domingo às 14h00, do Navio de Desembarque de Carros de Combate (NDCC) Garcia d’Ávila para o Haiti. Ele transportará carga humanitária e também material para apoiar a tropa brasileira naquele país.

O navio carregou 900 toneladas, das quais 200 são de Ajuda Humanitária. Sessenta toneladas de mantimentos não perecíveis foram embarcadas no Rio e carregará mais 80 toneladas no porto de Recife com outras 60 toneladas sendo recebidas em Fortaleza, de onde ele, finalmente, partirá, para o Haiti. Está previsto a chega do navio ao Haiti no dia 22 de março.

O navio está levando no seu interior 13 blindados Urutu (alguns dos quis ainda pintados de camuflado) e um único VBL Guará. No convés externo ficam as picapes Strada e as duas ambulâncias doadas pela FIAT brasileira ao Haiti.

Os 74 brasileiros da área médica atualmente no porte aviões italiano Cavour continuarão lá por tempo indeterminado, devendo voltar ao Brasil quando o navio italiano deixar o Haiti. Ao chegaram lá, eles inicialmente trabalharam como pessoal de reforço no Hospital Infantil da Cruz Vermelha em terra. Um novo hospital de campanha foi montado na área do próprio porto. Atualmente, nove feridos se encontram internados no Cavour, sendo que mais de seiscentos pacientes já foram atendidos pelo time médico combinado brasileiro-italiano.

Os dois helicópteros da Marinha do Brasil que se encontram atualmente operando desde o Cavour, deixarão o país caribenho a bordo do NDCC Almirante Sabóia, que está agendado para retornar ao Brasil neste sábado, dia 27. Durante seu período no Haiti, o Super Puma brasileiro foi usado principalmente para a movimentação de materiais trazidos pelos italianos para realizar a reconstrução do Hospital Infantil afetado pelo terremoto. O Esquilo do esquadrão HU-1, por sua vez, foi empregado mais para o transporte de pessoal. O retorno destes dois helicópteros encerra a participação da Aviação Naval brasileira no Haiti, uma vez que eles não devem ser substituídos por outros meios.

O porto de Port au Prince já se encontra parcialmente recuperado, e o Almirante Sabóia já o usou para descarregar sua carga naquele país. O material de natureza humanitária foi entregue pela Marinha para a Embaixada Brasileira que se incumbiu de realizar a sua distribuição à população. A Marinha espera enviar outro navio logístico ao Haiti ainda neste primeiro semestre, com a possibilidade de enviar um quarto antes do fim do ano muito provável, mas isso ainda não foi definido pelo governo brasileiro. Está previsto que o Garcia d’Ávila passe por Porto Rico após sair do Haiti para recarregar o combustível antes de retornar ao Brasil.

Last Updated on Sunday, 28 February 2010 03:50
 

Translate

Browse this website in:

Busca Rápida
Serial
(FAB, MB ou EB)


Copyright © 2018 Base Militar Web Magazine. All Rights Reserved. Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.